sexta-feira, 26 de junho de 2009

Liturgia - 27 de junho - NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO




Cor litúrgica: Branco


Ofício: Nossa Senhora no sábado
Laudes: Liturgia das horas: 1519-1150
Oração das Horas: 1108-1462
I Vésperas:Liturgia das Horas: 1546-1557
Oração das Horas: 1277-1477

Leituras: Gn 18,1-15 – Medit: Lc 1,46-55 – Mt 8,5-17
“Dizei uma só palavra e meu servo será curado.”
É a fé que possibilita ao homem livrar-se de todas as enfermidades que o condicionam a tantos tipos de morte.

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro



Na ilha de Creta havia um quadro da Virgem Maria muito venerado devido aos estupendos milagres que operava. Certo dia, porém, um rico negociante, pensando no bom preço que poderia obter por ele, roubou-o e levou-o para Roma. Durante a travessia do Mediterrâneo, o navio que transportava a preciosa carga foi atingido por terrível tempestade, que ameaçava submergi-lo. Os tripulantes, sem saber da presença do quadro, recorreram à Virgem Maria. Logo a tormenta amainou, permitindo que a embarcação ancorasse, sendo salva num porto italiano.Algum tempo depois, o ladrão faleceu e a Santíssima Virgem apareceu a uma menina, filha da mulher que guardava a pintura em sua casa, avisando que a imagem de Santa Maria do Perpétuo Socorro deveria ser colocada numa igreja. O milagroso quadro foi então solenemente entronizado na capela de São Mateus, em Roma, no ano de 1499, e aí permaneceu recebendo a homenagem dos fiéis durante três séculos, até que o templo foi criminosamente destruído. Os religiosos dispersaram-se e a imagem caiu no esquecimento. Finalmente em 1866 a milagrosa efígie foi conduzida triunfalmente ao seu atual santuário por ordem do Santo Padre, que recomendou aos filhos de Santo Afonso de Liguório: - "Fazei que todo o mundo conheça o Perpétuo Socorro".


“Esta igualdade de amor realiza na vida eterna mediante a luz da glória; e aqui na terra, pela fé já muito esclarecida.”
São João da Cruz – Ch 3,80

“Uma vez ouvi que o Senhor está em todas as coisas e em nossa alma; apresentou-se a mim a comparação de uma esponja que se embebe de água.”
Santa Teresa de Jesus – R 45

Cartas de Santa Teresa de Jesus em 27

1581 – C 378 – Ao Padre Jerônimo Gracián, em Salamanca – Viagem a Ávila e negócios dos Conventos. Inveja o Padre Gracián por viver em Salamanca, junto do Rio.



SANTO DO DIA





São Cirilo de Alexandria
Bispo e Doutor



São Cirilo nasceu em 370, no Egipto, e durante muitos anos foi o firme condutor da Igreja do Egipto. Lutou pela ortodoxia da doutrina católica e presidiu o Concílio de Éfeso, em 431, que definiu a maternidade de Maria, derrotando seu adversário Nestório que colocava em discussão a maternidade divina de Nossa Senhora. Durante o Concílio pronunciou o célebre “Sermão em louvor à Mãe de Deus” (Theotókos) que marca o início do florescimento dos hinos em honra à Virgem Maria. A coragem e a persistência com a qual defendia a verdade católica deram a santidade a este bispo de Alexandria: “Nós – dizia – pela fé em Cristo, estamos prontos a sofrer tudo – algemas, cárcere, a própria morte”. São Cirilo morreu em 444. Sua santidade foi reconhecida no pontificado de Leão XIII que lhe outorgou também o título de Doutor da Igreja. A sua devoção foi assim estendida a toda a Igreja latina.






Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...