sexta-feira, 16 de abril de 2010

Sábado da 2ª semana da Páscoa - 17/04/10

LITURGIA DIÁRIA

Sábado da 2ª semana da Páscoa/Cor Branca
Oficio do dia de semana do TPasc.
Missa pr de semana par: Pf pascal
Leituras: At 6, 1-7
Sl 32 (33),1-2.4-5.18-19 (R/. 22)
Jo 6, 16-21

I Vésperas do Domingo

Liturgia das Horas -> Laudes Pag. 619 - H.Média Pag. 620 - I Vésperas Pag. 622

Oração das Horas-> Laudes Pag. 510 - H.Média Pag. 511 - I Vésperas Pag. 512

"Enxergaram Jesus, andando sobre as águas e aproximando-se da barca. E ficaram com medo."

http://terracatolica.files.wordpress.com/2008/04/foto10.jpg

"Mas Jesus disse: 'Sou Eu. Não tenhais medo'."

EVANGELHO (São João 6, 1-15)
16Ao cair da tarde, os discípulos desceram ao mar. 17Entraram na barca e foram em direção a Cafarnaum, do outro lado do mar. Já estava escuro, e Jesus ainda não tinha vindo ao encontro deles. 18Soprava um vento forte e o mar estava agitado. 19Os discípulos tinham remado mais ou menos cinco quilômetros, quando enxergaram Jesus, andando sobre as águas e aproximando-se da barca. E ficaram com medo. 20Mas Jesus disse: “Sou Eu. Não tenhais medo”. 21Quiseram, então, recolher Jesus na barca, mas imediatamente a barca chegou à margem para onde estavam indo.
Palavra da Salvação.
Glória a vós, Senhor.


MEDITANDO O EVANGELHO DO DIA
"«Sou Eu. Não temais»
Senhor, como são altas as ondas,
E tão escura a noite!
Não poderias dar-lhe alguma claridade?
É que velo solitária na noite!
'Segura o leme com mãos firmes,
Tem confiança, mantém a calma.
A tua barca é-Me preciosa,
A bom porto a levarei.
Mantém, sem desistires,
Os olhos na bússola.
É ela que ajuda a chegar ao destino
No meio de noites e tempestades.
A agulha da bússola
oscila mas mostra segura a direção.
Ela te indicará o cabo
Aonde quero que arribes.
Tem confiança, mantém a calma :
Por noites e tempestades
A Vontade de Deus, Fiel, te guiará,
Se vigilante for teu coração'."
(Santa Teresa Benedita da Cruz, Edith Stein-OCD-Poema «A Tempestade»)

"«... Logo o barco chegou à terra para onde se dirigiam»
Quando as tempestades se desencadeiam
Tu, Senhor, és a nossa força.
Louvar-te-emos a Ti, Deus Forte,
que és o nosso constante socorro.
Ainda que a terra seja abalada
e o mar se torne encapelado
permanecemos firmes junto de Ti,
colocando em Ti a nossa confiança.
Ergam-se e desfraldem-se as ondas,
ou vacilem as montanhas,
a alegria iluminar-nos-à,
a cidade de Deus dá-te Graças.
Nela tens a Tua morada,
preservas a sua Santa Paz.
E um poderoso rio protege
a sublime morada de Deus.
Os povos desabam na loucura
Abate-se o poder dos Estados.
Ei-lo elevando a Voz,
e a terra atormentada aos gritos.
Mas o Senhor está conosco,
o Senhor, o Deus Sabaoth.
Tu és para nós Luz e Salvação,
jamais teremos medo.
Vinde todos, vinde contemplar
os prodígios do Seu poder:
desfalecem todas as guerras,
a corda do arco se detém.
Lançai no braseiro de fogo
escudos e armas de guerra.
O Senhor, o Deus Sabaoth
salva-nos de toda a angústia."
(Santa Teresa Benedita da Cruz, Edith Stein, Poesia: Paráfrase do Salmo 45)

http://gentedefe.com/wp-content/blogs.dir/1/files/avatars/9170/edit1-8ca9010bd0e5a4e7c8668024c6848adb-full.jpg

"Para onde seremos levados nesta terra não sabemos e nem devemos perguntar antes do tempo. Sabemos somente que 'tudo coopera para o bem daqueles que amam a Deus'. E além disso sabemos que os Caminhos do Senhor vão além desta terra."
(Edith Stein)



Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...