domingo, 30 de maio de 2010

EVANGELHO DO DIA - Visitação de Nossa Senhora - 31/05/10

http://www.federacaomarianadeniteroi.org.br/imagens/visita_isabel.jpg

"Bem-Aventurada aquela que acreditou, porque será cumprido o que o Senhor lhe prometeu.”

EVANGELHO (São Lucas 1, 39-56)
39Naqueles dias, Maria partiu para a região montanhosa, dirigindo-se, apressadamente, a uma cidade da Judeia. 40Entrou na casa de Zacarias e cumprimentou Isabel. 41Quando Isabel ouviu a saudação de Maria, a criança pulou no seu ventre e Isabel ficou cheia do Espírito Santo. 42Com um grande grito exclamou: “Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto de teu ventre!” 43Como posso merecer que a mãe do meu Senhor me venha visitar? 44Logo que a tua saudação chegou aos meus ouvidos, a criança pulou de alegria no meu ventre. 45Bem-aventurada aquela que acreditou, porque será cumprido o que o Senhor lhe prometeu”. 46Maria disse: “A minha alma engrandece o Senhor, 47e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador, 48porque olhou para a humildade de sua serva. Doravante todas as gerações me chamarão bem-aventurada, 49porque o Todo-poderoso fez grandes coisas em meu favor. O seu nome é santo, 50e sua misericórdia se estende, de geração em geração, a todos os que o temem. 51Ele mostrou a força de seu braço: dispersou os soberbos de coração. 52Derrubou do trono os poderosos e elevou os humildes. 53Encheu de bens os famintos, e despediu os ricos de mãos vazias. 54Socorreu Israel, seu servo, lembrando-se de sua misericórdia, 55conforme prometera aos nossos pais, em favor de Abraão e de sua descendência, para sempre”. 56Maria ficou três meses com Isabel; depois voltou para casa.
Palavra da Salvação
Glória a Vós Senhor!

MEDITANDO O EVANGELHO DO DIA
"Em Maria, põe o Altíssimo suas complacências, pois pela fé e humildade 'acolheu no coração e no corpo' o Verbo Eterno, e solícita o leva pelas estradas da Judéia. Na Virgem, Deus renova seu pacto de Amor com os homens. Nela celebra o Verbo, com júbilo, suas núpcias com a humanidade e, embora oculto no seio materno, revela sua presença. 'Apenas ouviu Isabel a saudação de Maria, exultou-lhe o menino no seio'. Ante aquele salto de alegria, Isabel, iluminada pelo Espírito Santo, reconhece na prima a Mãe do Salvador, e prorrompe num hino de louvor: 'Bendita és Tu entre as mulheres e Bendito é o Fruto do teu ventre! E de onde me é dada a Graça que venha visitar-me a Mãe do meu Senhor?... Ditosa aquela que acredita que teriam cumprimento as coisas que lhe foram ditas da parte do Senhor'. Diante de tantos louvores, Maria não protesta. Bem sabe que não são para ela e sim para Deus, a quem imediatamente os dirige... O Magnificat é a resposta de Maria aos louvores de Isabel. Pelo Magnificat Maria projeta em Deus todos os elogios recebidos. Maria desaparece em seu cântico. Só Deus é exaltado e glorificado enquanto ela fica na sua humilde posição de serva. Como no canto, assim na vida. Nos três meses de permanência junto à prima e em toda a existência, é Maria, sempre e só, 'a escrava' a prestar serviços na humildade e no escondimento. Serve a causa do Filho e desaparece na sombra. 'Cuidai de honrar uns aos outros... Acudi às necessidades dos santos... Não aspireis as coisas elevadas, mas sabei adaptar-vos às humildes'. Estas exortações do Apóstolo Paulo retratam ao vivo a conduta de Maria e animam os fiéis a imitá-la'."
(Frei Gabriel de Santa Maria Madalena-OCD)


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...