terça-feira, 4 de maio de 2010

Minutos de Maria - 04/05/2010




Minha Mãe, Tu que estavas aos pés da cruz com uma dor tão imensa, não te esqueças de mim; eu me aproximo de ti com o mais lúcido amor e a mais serena piedade e te agradeço, doce Senhora da dor sem pranto, porque nos deixaste o melhor alento e consolo para as horas em que o espírito se sento seco e árido.

Eu me achego de Ti, Mãe, com minha razão não perturbada, certo de que tu pousarás sobre mim as tranquilas luzes dos teus olhos.

Nada mais apaziguante para as dores da alma que o olhar terno e compassivo de Maria. Não é por nada que lhe rogamos na Salve-Rainha: "Esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei".



Mãe da misericórdia, não te esqueças de que somos teus filhos.


Milagro, A. Os cinco minutos de Maria, Ed. Ave-Maria.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...