sexta-feira, 7 de maio de 2010

SEXTA FEIRA DA V SEMANA DA PÁSCOA. 07/05/2010

I Sexta Feira do Saltério (Vésperas = I Salmo).

Ant. 1 Por nossa causa Jesus Cristo se fez pobre e assim, com sua pobreza, enriqueceu-nos, aleluia.

Salmo 40 (41): Prece de um enfermo.

Por trás da ação de graças pela saúde recobrada, este Salmo apresenta indícios de ser um sortilégio. O salmista atribui a origem de sua enfermidade a um pecado grave cometido (cf. v. 5), porém a persistência da mesma é consequência dos desejos de seus inimigos (vv. 6ss), que puderam indicar esta razão: “este homem pecou, por isso Deus o julga; abreviemos sua morte com palavras que acabem com ele”. A provação da doença é considerada como castigo por algum pecado (cf. Jó; Sl 38,4; 107,17). Seus inimigos não crêem no perdão, que não é aceito pela magia. A grandeza do salmista consiste em crer no perdão, em rejeitar a sentença das gentes e em fugir do campo da feitiçaria. Este Salmo de ação de graças pela libertação está composto, formalmente, de elementos sapienciais (vv. 2-4) e outros próprios de uma lamentação: exposição de uma necessidade (vv. 5-11), que é escutada (vv.12-13). Encerra-se o Salmo com uma doxologia, que conclui o primeiro livro do Saltério (v. 14), (cf. Sl 72,18; 106,48).
Deus quer que sejamos misericordiosos. Supliquemos Sua clemência para que saibamos cuidar do pobre e do desvalido; assim, seremos ditosos na terra e um dia poderemos alcançar a salvação.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...