segunda-feira, 14 de junho de 2010

SEGUNDA FEIRA DA XI SEMANA DO TEMPO COMUM = 14/06/2010.

III Segunda Feira do Saltério (Vésperas = II Salmo)

Ant 2 O nosso auxílio está no nome do Senhor, do Senhor que fez o céu e fez a terra.

Salmo 123 (124): O nosso auxílio está no nome do Senhor.

Em distintas circunstâncias históricas Israel foi assediado por seus inimigos. A razão pela qual chamamos este Salmo de: “Canto gradual” é porque o peregrino, que se encaminha a Jerusalém, passou por diversos perigos naturais ou oferecidos por homens: feras que devoram, torrentes transbordadas, águas precipitadas, caçadores astutos. O peregrino pode escapar porque Deus está com ele. Sua experiência já não lhe pertence. Agora é experiência de todo povo que canta ao “Deus por ele”. O Salmo tem duas partes: na primeira (vv. 1-5) se reconhece explicitamente a presença protetora de Deus, sem a qual o povo haveria sucumbido repetidas vezes: reconhecê-la é louvar a Deus. A segunda (vv. 6-8) tem uma forma direta de louvor que culmina com a afirmação confessional do v. 8. Este canto de ação de graças por haver superado um perigo iminente expressa o agradecimento de toda a comunidade.
A Bíblia de Jerusalém nomeia este Salmo “O Salvador de Israel”. É um canto de libertação ante poderosos inimigos. O salmista dá graças a Deus por haver livrado seu povo quando parecia não haver mais salvação para ele. Apoiado no amor de Cristo (Rm 8,37), o cristão transforma os obstáculos em uma nova possibilidade de servir, de amar e se fazer amar. Assim não se deixa apanhar pela armadilha do egoísmo próprio ou alheio.
Este Salmo tem um acento marcadamente coletivo: Israel foi preservado de uma sorte trágica graças à intervenção salvadora de Yahweh. O poeta especifica circunstâncias históricas que deram origem a esse canto de ação de graças. Talvez faça alusões à sorte trágica do povo eleito no cativeiro ou às situações críticas criadas como consequência da hostilidade dos povos vizinhos aos repatriados. Depois da reconstrução dos muros da Cidade Santa e da restauração da vida nacional o povo judeu viveu uns anos de otimismo nacional. Talvez o salmista deixe refletir esta situação esperançosa depois que se salvaram dos momentos mais difíceis para Israel como coletividade nacional.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...