sexta-feira, 16 de julho de 2010

SOLENE COMEMORAÇÃO DA BEM-AVENTURADA VIRGEM MARIA DO MONTE CARMELO. SEXTA FEIRA DA XV SEMANA DO TEMPO COMUM = 16/07/2010

Ofício Próprio da Solenidade– (II Vésperas = II Salmo)

Ant 2 Maria ouvia a Palavra de Deus e a guardava, meditando-a em seu coração.

Salmo 126 (127): O trabalho sem Deus é inútil.

Este Salmo pode ser visto como um cântico que os amigos entoavam à porta da casa de quem havia sido agraciado com a chegada de um novo filho. Seria uma felicitação pelo nascimento. É um dos “Salmos Graduais” - entoados pelos peregrinos em suas subidas ao Templo – não só porque o Templo é a casa construída por Deus, mas também porque a casa que conta com um recém-nascido é “Casa de Deus”: Ele dá fecundidade e constrói.
“Abandono à Providência” é o título dado a este Salmo pela Bíblia de Jerusalém. O trabalho do homem está voltado ao fracasso se Deus não o fecunda; o pão cotidiano e a descendência são dons de Deus. Sem Deus nada está seguro; com Ele, tudo está. Em estilo sapiencial, se reconhece que são inúteis os esforços do homem, se não levam a bênção Divina. Somente Deus pode assegurar prosperidade e posteridade numerosa. Para os hebreus, uma família com muitos filhos era o melhor reflexo da benevolência divina.
– “Sentido do trabalho e do atuar humano, como colaboração na criação -. Não estamos sós nem trabalhamos em obra exclusivamente nossa. O Senhor constrói conosco nosso existir e nossa história. O êxito e a fecundidade verdadeira dependem desta visão providencialista da vida”.
O Salmo 126 nos apresenta um espetáculo em movimento: uma casa em construção, a cidade com suas sentinelas, a vida das famílias, as vigílias noturnas, o trabalho diário, os pequenos e grandes segredos da existência. Sobre tudo isto se eleva uma presença decisiva: a do Senhor, que se sobrepõe às obras do homem, como sugere o início do Salmo (v. 1).
O Salmo formalmente, consta de duas sentenças sapienciais:
a) Somente Deus dá o êxito nas empresas da vida (vv. 1-2);
b) Os filhos são um dom de Deus (vv. 3-5): a segunda é um exemplo que confirma a primeira, porquanto a família numerosa provém unicamente da bênção Divina.
Apesar do estilo didático sapiencial, não faltam as expressões vigorosas e os exemplos concretos, com frases entrecortadas e concisas.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...