sábado, 25 de dezembro de 2010

Mensagem de Natal de Frei Alzinir

Outro dia vi um painel natalino, numa pousada em Diamantina –MG, em frente à praça JK.

Aproveito-me desta cena do casario colonial mineiro, perdido entre as ladeiras e montanhas, para umas palavras por ocasião das festas do Natal de Jesus.
Jesus nasceu numa estrebaria, pois “não havia lugar pra eles na hospedaria”. Mesmo assim Ele nasceu e quis ficar conosco... João escreveu: “O Verbo se fez carne e veio morar entre nós!” (Jo 1,14). Veio ser o Deus conosco, nascido na família de Maria e José. Ao assumir a carne e a fragilidade humana, o fez em um lar.
E assim, Jesus uniu-se a todo ser humano, trazendo-nos novamente o ser divino. Veio ser e trazer-nos aquela “Luz que ilumina a todos”, a centelha divina escondida no mais profundo de nosso ser. Sobre ela cantou João da Cruz em sua mais bela poesia, a Noite escura: “Sem outra luz nem guia, a não ser a que no coração ardia”; Luz que leva a unir “Amado com a amada, amada no Amado transformada”.
Que o Verbo, Luz que veio iluminar-nos, encontre lugar e ilumine sua Morada, seja para você “Luz que não conhece noite”.
E você, recebendo-a, seja iluminado e inundado por sua paz e alegria a cada dia do Ano Novo, espalhando o bem sobre os que estão à sua volta...
Feliz Natal!

Fr. Alzinir – S. Paulo – Brasil - Dez. de 2010

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...