terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Oração a Todos os Santos Carmelitas

Mais um ano está se encerrando. Um novo ano litúrgico já começou. Deixo aqui minha homenagem, em forma de oração, a todos os nossos irmãos e irmãs que já nos precederam e que estão a nos esperar no Carmelo Celeste, cantando sem cessar as Misericórdias do Senhor e os Amores do Amado.


Oração a Todos os Santos Carmelitas
Santíssima Trindade: Pai, Filho e Espírito Santo! Vós sois adorado e glorificado por todos os vossos santos! Sabemos que amais e conheceis a cada um deles pois todos vos serviram na terra e, com suas vidas, imitaram o Santo dos santos, Jesus Cristo Senhor Nosso.
Sabemos que olhais com especial apreço para aquela multidão de eleitos que compõem o Carmelo Celeste.
Entre eles estão os santos profetas Elias e Eliseu, nossos patriarcas, bem como todos os santos homens do Antigo Testamento que os seguiram, no Monte Carmelo, em uma vida penitente, recolhida e abnegada.
Contemplamos aquela primitiva comunidade de eremitas cristãos, que vindos à Terra Santa por causa das Cruzadas, encontraram no Monte Carmelo um lugar propício para sua sede do recolhimento em Deus. Aí vemos as veneráveis figuras de S. Bertoldo, S. Brocardo e dos demais valorosos santos eremitas que, retirando-se do mundo, serviram-se da solidão das grutas do Carmelo para uma contínua contemplação dos vossos mistérios, ó Senhor, e assídua meditação de vossa Palavra. Não poderíamos também deixar de vos bendizer e agradecer pela gloriosa figura do bispo Sto. Alberto de Jerusalém, nosso legislador, que, cheio das luzes do Espírito Santo, nos redigiu uma sábia e piedosa Regra que tanto bem fez e faz a uma multidão de almas.
Honramos também todos aqueles benditos irmãos que implantaram a Ordem da Bem-Aventurada Virgem do Monte Carmelo em terras européias. Especialmente vos apresentamos o glorioso São Simão Stock, servo e filho devotíssimo da Virgem Maria, em cujas mãos Nossa Senhora entregou o grande dom do Escapulário do Carmo.
Olhai também para os méritos e as preces de vossos santos servos Sto. Alberto da Sicília, Sto. André Corsini, S. Pedro Tomás e demais presbíteros e bispos que tanto prestígio trouxeram à Ordem do Carmo por causa da fama de suas grandes virtudes e dons espirituais.
Pedimos que ouçais os louvores e doces suspiros que vos dirigem o coro de vossas servas, as santas virgens carmelitas, esposas de Cristo. Entre elas destacamos Sta. Maria Madalena de Pazzi, tão cheia de ardente amor por Vós e tão perfeita seguidora do Cristo Sofredor.
E nós, do Carmelo Descalço, juntamente com toda a Igreja, queremos vos louvar e agradecer pelo dom de nossa gloriosa mãe Santa Teresa de Jesus e de nosso santo pai São João da Cruz! Quanta alegria e quanta honra não vos trouxeram esses dois gigantes da fé que ainda hoje são potentes faróis a nos mostrar o caminho da oração e da perfeição evangélica! Agradecemos pelo dom de seus santos escritos, preciosos tesouros da sabedoria mística e alimento espiritual seguro para o coração humano, faminto de Deus. Aos nossos santos pais nos dirigimos humildemente pedindo sua benção e a graça de imitar-lhes as virtudes!
Também vos louvamos, ó Deus de Amor, por todos os demais santos e santas do Carmelo Teresiano, que deram à terra nova vida e alento, graças à beleza de suas vidas. Aqui destacamos nossa doce e “pequena” irmã Sta. Teresinha do Menino Jesus, a “maior santa dos tempos modernos” e Padroeira das Missões, que nova glória trouxe ao Carmelo Descalço e renovada esperança concedeu àqueles e àquelas que também aspiram à santidade e a sentiam como que “distante” de si. A ela nosso “muito obrigado” por ter partilhado conosco seu caminho espiritual, a “Pequena Via” do amor e abandono em Deus.
Ó, Deus Santo! São tantos os nomes dos nossos heróis na fé! São tantos e tantas aquelas figuras no Carmelo que refulgem uma santidade genuína, quer no silêncio dos claustros, quer na vida apostólica! Alguns já foram canonizados aqui na terra; todos já o foram no Céu! Como poderíamos deixar de citar Sta. Teresa Margarida, Sta. Teresa dos Andes, a Beata Elisabete da Trindade, São Rafael Kalinowski, o Beato Francisco Palau e muitos outros perfeitos seguidores do carisma teresiano-sanjuanista! Graças a eles e a elas a Igreja e o mundo dispôem de luzeiros seguros que apontam o Cristo e que expulsam as trevas que envolvem continuamente a pobre humanidade sufocando-a com o pensamento do mundo. Também a todos eles e a elas pedimos a graça da perseverança no seguimento do Cristo.
Finalmente, nunca poderíamos deixar de lembrar de todas aquelas testemunhas que matizaram o Carmelo com a cor rubra do sangue derramado por amor a Deus e à Igreja! Nomes gloriosos surgem neste momento: os Beatos Redento e Dionísio, as Beatas Teresa e companheiras, Beatos Miguel e companheiros, Beatas Pilar e companheiras, Santa Teresa Benedita, Beato Afonso e tantos outros que compõem o glorioso coro dos mártires carmelitas. Temos o dever de sermos gratos ao testemunho desses heróis na fé, semeadores daquele sangue fecundo que faz crescer novas “flores” no Carmelo.
Por fim, nós vos pedimos ó Deus, pelos méritos e pela intercessão de todos esses vossos santos servos e servas, que contemplam incessantemente vossa Face no Céu, que também nós, pecadores e peregrinos aqui na terra, possamos ser santos e santas, para vossa maior honra e glória.
Amém.

(Giovani C. Mendes, 19/07/2006)

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...