sexta-feira, 26 de agosto de 2011

TRANSVERBERAÇÃO DO CORAÇÃO DE SANTA TERESA DE JESUS, NOSSA MÃE


"Oh! Ditosa chaga feita por quem não sabe senão curar! Oh! Venturosa e felicíssima chaga, que foste feita unicamente para causar deleite, e cujo sofrimento tem a qualidade de ser regalo e delícia da alma chagada! Imensa és, oh! deleitosa chaga, porque imenso é aquele que te fez: grande é teu deleite, pois é fogo infinito do amor que te regala segundo sua capacidade e grandeza! Oh! chaga regalada, e tanto mais subidamente, quanto mais íntimo centro da substância da alma tocou o cautério que te fez, abrasando tudo quanto pode abrasar, para regalar tanto quanto era possível regalar! Este cautério e esta chaga, podemos compreender como sendo o mais alto grau de amor que pode ser atingido no estado de união transformante. Outros modos há de cauterizar Deus a alma, porém, não chegam a este ponto, nem são semelhantes ao que agora descrevemos; porque aqui se trata de um puro toque da divindade na alma, sem forma nem figura alguma intelectual ou imaginária."
(San Juan de la Cruz, A Chama Viva do Amor)

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...