quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

São João da Cruz: Homem Espiritual no meio do mundo!

«Aquele que age por Deus com amor puro, não somente não se lhe dá que os homens o saibam, mas nem o faz para que saiba o próprio Deus; e mesmo que Deus nunca o chegasse a saber, não cessaria de prestar os mesmos serviços e com a mesma alegria e amor» [ São João da Cruz]

São João da Cruz amou muito, e porque muito amou outros e outras o amaram também… Deixou escrito este amor… escreveu bastante, não por iniciativa própria, mas porque outros o pediam, insistiam para o fazer… escreveu porque o seu falar e pensar levava outros a aproximarem-se de um Amor Maior. Desse amor pediam-lhe muitas vezes que escrevesse pois o que mais apreciavam nele não era uma beleza exterior mas a paz e a tranquilidade que a sua presença transmitia, que o seu pensar irradiava… A beleza de Deus estava nele. Subsiste nas palavras de São João da Cruz uma eterna indagação pelas coisas de Deus, em todos os tempos e lugares... Vejo em São João da Cruz, leio nos seus escritos um homem diferente que descobriu um caminho interior. Autêntico tesouro da graça de Deus. Amigo de Deus, sério diante das propostas que Deus tinha destinado para ele, n´Ele e para Ele foi todo o seu viver, toda a sua vida e nesta jamais poderia deixar de orientar e caminhar com os irmãos que o procuravam. Subsiste na sua essência um fogo que consome por dentro, um fogo que incendeia e que jamais pode ser apagado, uma vez incendiado. Qual bombeiro para dissipar este fogo? Este fogo é obra do próprio Deus. Este fogo é pautado por momentos onde a ação do Espírito Santo nos abrasa por dentro e nos convida a amar o amor que é amado… e no silêncio, a nossa melhor arma aproveita todos os sofrimentos para que se possa unir mais intimamente ao sofrimento… Este homem é, foi e será um Homem Espiritual no meio do mundo…
(Verônica Parente-2009)

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...