segunda-feira, 14 de julho de 2014

9º DIA - NOVENA DE NOSSA SENHORA DO CARMO


- Em nome do + PAI e do + FILHO e do + ESPÍRITO SANTO. Amém.

- ORAÇÃO DE CONSAGRAÇÃO À VIRGEM DO CARMO

"Ó Maria, Virgem bendita e imaculada, glória e esplendor do Carmelo! Vós que sois toda bondade para com os que vestem o vosso bendito escapulário, protegei-me, cobrindo-me com o manto de vossa proteção maternal. Seja o vosso poder a força da minha fraqueza, vossa sabedoria, a luz do meu espírito. Fazei-me crescer na fé, na esperança e na caridade. Aformoseai minha alma com as graças que a tornem agradável ao vosso doce e Imaculado Coração e ao Sacratíssimo Coração do vosso bendito Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo. Durante a vida, assisti-me, na hora da morte, consolai-me com a vossa presença amabilíssima, e depois apresentai-me à Santíssima Trindade como vosso devoto servo e filho, para mais vos bendizer para sempre no céu. Amém.

- Ler 1Rs 18,41-45;

- Para reflexão: A Sagrada Escritura exalta a beleza do Carmelo, onde o profeta Elias defendeu a pureza da fé de Israel em Deus vivo. Aí, junto à fonte que tomou o nome do profeta, estabeleceram-se, pelos fins do século XII, alguns eremitas que construíram um oratório em honta da Mãe de Deus, escolhendo-a como sua padroeira e titular. Consideram-na como mãe e modelo e disto tiveram comprovada experiência: primeiro, na prática da vida contemplativa e, depois, no dom aos irmãos das riquezas hauridas na comunhão com Deus. Por isso foram chamados "Irmãos de santa Maria do Monte Carmelo". A comemoração solene celebrada, em diversos lugares, já no século XIV, propagou-se pouco a pouco, por toda a Ordem como sinal de gratidão dos "Irmãos" pelos inumeráveis benefícios concedidos pela Santíssima Mãe de Deus à "sua família".

- Papa Paulo VI:

* "(...) Quando se instruir o povo cristão sobre a devoção mariana, seja-lhe inculcada de maneira insistente e categórica que 'ao ser honrada a Mãe, o Filho, por causa de quem tudo foi criado e no qual por agrado do Pai eterno reside toda a plenitude, seja devidamente conhecido, amado, glorificado e que, por sua vez, sejam melhor cumpridos seus mandamentos'.
Acentue-se cuidadosamente que a devoção mariana 'não consiste nem no afeto estéril e passageiro, nem na vã credulidade, mas que procede de uma fé autêntica, que induz a reconhecer a excelência da Mãe de Deus e a amar filialmente a nossa Mãe e a imitar as suas virtudes'.
(...).
É preciso que se honre, com fé plena e obsequiosa, a Santíssima Virgem Maria, Mãe de Deus, Mãe da Igreja, Mãe da graça e da misericórdia, Mãe da esperança e da alegria santa, por quem, como por um caminho real, chegamos a Jesus e às suas fontes de salvação" (Da Carta de Paulo VI, Papa, ao Cardeal Legado do Congresso Mariológico e Mariano de São Domingos, 02 de fevereiro de 1965 - AAS 57 [1965], 377-379).

- Ave Maria (3X);

- Glória ao Pai.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...