sábado, 4 de outubro de 2014

EM UNIÃO COM O SÍNODO SOBRE A FAMÍLIA


Família: Igreja Doméstica e
Santuário da Vida
Entre os dias 5 a 19 de outubro celebra-se em Roma o Sínodo Extraordinário sobre a Família, cujo tema é “Os desafios pastorais da família no contexto da evangelização”. Preparado em uma primeira fase com um questionário enviado a todas as dioceses, a partir do qual foi elaborado o Instrumento de trabalho do Sínodo. 
Com três partes, o documento reflete na primeira parte sobre a Boa Notícia da família, entre desígnio de Deus e vocação da pessoa em Cristo; a segunda parte aborda as várias propostas de pastoral familiar, os desafios e as situações mais difíceis; enfim a terceira parte é dedicada à abertura à vida e à responsabilidade educacional dos pais, que caracterizam o matrimonio entre o homem e a mulher.


Santa família Martín, rogai por nós! 


Como Carmelitas Seculares, o convite que vos é feito é o de viver no espírito dos conselhos evangélicos e das bem aventuranças a partir do carisma do Carmelo teresiano na realidade familiar. Neste sentido é significativa a presença das relíquias de Santa Teresinha e de seus pais, os Beatos Luís e Zélia, na abertura do sínodo na praça de São Pedro. Durante os dias do Sínodo seguirão na basílica de Santa Maria Maior, a fim de que os fiéis se unam pela oração aos trabalhos do Sínodo.
O documento de trabalho do Sínodo conclui-se com a oração à Sagrada Família, na qual o “amor de Deus resplandece de maneira peculiar... é ponto de referência seguro e de conforto de cada família. Nela refulge o amor verdadeiro para o qual todas as nossas realidades familiares devem olhar para haurir luz, força e consolação” (n. 159). Com esta oração composta pelo papa Francisco, associemo-nos na súplica e intercessão:


Jesus, Maria e José: nossa
família vossa é! 



“Jesus, Maria e José,em vós nós contemplamos o esplendor do amor verdadeiro, e dirigimo-nos a vós com confiança.
Sagrada Família de Nazaré, faz também das nossas famílias lugares de comunhão e cenáculos de oração, autênticas escolas do Evangelho e pequenas igrejas domésticas.
Sagrada Família de Nazaré,nunca mais nas famílias se viva a experiência de violência, fechamento e divisão:  quem quer que tenha sido ferido ou escandalizado conheça depressa a consolação e a cura.
Sagrada Família de Nazaré, o próximo Sínodo dos Bispos possa despertar de novo em todos a consciência da índole sagrada e inviolável da família, a sua beleza no desígnio de Deus.
Jesus, Maria e José, ouvi e atendei a nossa súplica.
Amém”.



Enviado por Frei Alzinir Debastiani,
Delegado Geral para OCDS

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...