quarta-feira, 6 de maio de 2015

Capítulo Geral dos Carmelitas Descalços - Informe Econômico


Fiéis ao nosso compromisso de querer fazê-los partícipes do que vai sucedendo em nosso Capítulo Geral, aqui estamos, irmãos, de novo com vocês.
Hoje, dia 06 de maio, começamos com a oração das Laudes e a celebração da Eucaristia. Desta vez correspondia o turno a nossos irmãos das Províncias da Índia, que em inglês – ainda que também em “tamil” e algo em “malayalam” – animaram a liturgia. Presidiu a Eucaristia o Frei Augustine Mulloor, ocd, e concelebraram os freis Augustine Mangalathil, ocd (Delhi) e Charles Serrao, ocd (Karnataka-Goa).
O Frei Mulloor nos recordou no momento da homilia que nossa vida e nossas palavras as temos que viver e falar sempre olhando para Maria, para que seja Ela a que sempre nos guie e nosso querer ser “de Deus” e que todas nossas obras contagiem o amor e a paz que encontramos em Jesus.
Depois do café da manhã e da invocação ao Espírito Santo (já na sala capitular) iniciaram-se os trabalhos deste novo dia, reservado à economia da Ordem.
O Frei Atillio Ghisleri, ecônomo geral, começou dizendo que nossa família religiosa também tem sentido os efeitos da crise econômica, que tanto tem marcado algumas regiões nas quais estamos presentes. Apesar de tudo, em sua exposição, ainda reconhecendo que não somos uma Ordem com grandes recursos, nos disse que o balanço destes últimos anos é positivo, sempre graças à generosidade de várias províncias de Carmelitas Descalços e a solidariedade de nossas madres Carmelitas Descalças, que permitem resolver tantos problemas do centro da Ordem, ajudar e socorrer a outras províncias, sem esquecer tantas situações vividas por nossos jovens em formação nos países emergentes.
Ontem, hoje e sempre: uma mãe atenta 
e dedicada, que observa e acompanha
 seus filhos e  filhas...
Após a exposição do ecônomo geral, começou o turno de perguntas que ocupou praticamente toda a manhã; algumas dirigidas ao Frei Attilio, outras, porém, de maior alcance, requiseram uma palavra do próprio Frei Savério, pois estavam relacionadas, em parte, com o Informe sobre o estado da Ordem que ele havia apresentado na primeira sessão do Capítulo.

Pela tarde, seguimos com as reuniões dos grupos geográfico-linguísticos, cada um de nós pudemos compartilhar os problemas e esperanças que preocupam ou animam (respectivamente) cada uma das regiões da Ordem. 







Laudes e Santa Missa deram início aos trabalhos de hoje.


Reunião Capitular sobre a situação da economia da Ordem em
geral, bem como das diversas regiões e províncias da Ordem. 
Na direção do momento, o ecônomo geral da OCD. 

Frei Atillio Ghisleri, ecônomo geral da Ordem. 

Irmãos felizes e descontraídos, apesar da seriedade da temática
da manhã de hoje. 

Os brasileiros: Frei Luís Cláudio (à esq.) e Frei João de Deus (centro)



À direita, Frei Emílio José Martínez González, Vigário Geral
da Ordem. 


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...