sexta-feira, 19 de junho de 2015

Nova missão carmelita é aberta no sudoeste do Pará



Cidade do Vaticano (RV) - Jacareacanga é uma cidade no estado do Pará, coração da Amazônia. Com uma área de 53 mil km², o município tem 30 mil habitantes, 90% das quais, indígenas. A língua falada é o manduruku; poucos falam português. A cidade é cortada pelo rio Tapajós, em cujas margens cultiva-se mandioca, banana e papaia. Os índios também caçam e pescam para viver. 

É ali que acaba de ser aberta uma missão carmelita. Os índios estavam sem um ‘paim’ há cinco anos, desde que os franciscanos deixaram a área. Os novos missionários farão pastoral em 70 aldeias, o que significa passar a maior parte do tempo em canoas nos rios para atender as populações ribeirinhas. 
Hidrelétricas

O momento é de grande tensão sociopolítica, desde que o governo começou a construir o Complexo hidrelétrico de Tapajós, com 7 usinas que impactam fortemente a vida dos nativos. À frente da nova missão está o Frei Marcos Juchen Junior, natural de Bom Princípio (RS). Ele esteve na RV pouco antes de partir para a Amazônia e nos deixou seu testemunho. 


Ouça a entrevista ao colega Jackson Erpen, clicando no link acima. 

 (JE/CM)

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...