quinta-feira, 4 de junho de 2015

SACRÁRIOS




Adoro-Te, Senhor, 
devotamente
nos sacrários dourados, cintilantes 
que nossas mãos fizeram para Ti, 
onde ficas - Hóstia Sagrada! 
- pacientemente, silenciosamente, 
misteriosamente à espera de mim. 

Contemplo-te, Senhor, 
também, em eloqüente, adorante silêncio 
nos seres humanos - outros sacrários! 
- que tuas mãos divinas fizeram para Ti. 
Adoro-Te neles, 
mesmo sujos e humilhados, 
empobrecidos e famintos, 
onde ficas misteriosamente e realmente 
- Carne viva, Hóstia viva! - 
rejeitado por muitos e também esquecido. 

Adoro-Te, Senhor, 
na sarjeta, 
nas hóstias caídas à beira da estrada, 
nunca perdidas; 
na carne viva da humanidade esquecida, 
por Ti para sempre assumida 
e em Ti, por amor, redimida. 

Jesus se manifesta e se esconde em todas as partes. Nós o encontramos nos sacrários dos templos e nos homens-sacrários. Ali, Ele nos espera para ser nossa luz e nosso sustento; aqui, nos homens-sacrários, nos irmãos que passam e vivem ao nosso lado, também nos espera; a única resposta válida e digna que lhe podemos dar é o Amor, pois Ele, por amor, se fez Hóstia e Hóstia viva. 

Frei Pierino Orlandini, O.C.D.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...