segunda-feira, 6 de julho de 2015

Novena em Honra a Bem-Aventurada Virgem Maria do Monte Carmelo




Os primeiros eremitas do Monte Carmelo, local da Terra Santa onde nasceu a Ordem do Carmo, construíram no meio das suas celas uma capela, centro das suas vidas, onde diariamente se reuniam para celebrar em conjunto a Eucaristia. Esta capela dedicaram-na à Bem-Aventurada Virgem Maria. Com este gesto, o primeiro grupo de Carmelitas escolheu-a como Patrona, comprometendo-se deste modo a estar ao seu serviço e a esperar dela confiadamente a sua proteção. Tinham orgulho em ser chamados de Irmãos da Bem-Aventurada Virgem Maria do Monte Carmelo e defenderam este título com toda a energia, quando viram ameaçado o direito de ter este nome.

A Virgem Maria foi sempre um “sim” a Deus. Assim como esteve sempre presente na vida de Jesus como discípula fiel, do mesmo modo ela está sempre presente na vida de todo o Carmelita, guiando-o e protegendo-o no seu obséquio a Jesus Cristo.

Durante muitos séculos o Escapulário do Carmo sintetizou no seu significado a relação dos Carmelitas com a Virgem Maria. O Escapulário constitui uma parte do hábito tradicional vestido pelos religiosos. Trazer o Escapulário é um sinal de consagração a Maria e de aceitação da sua proteção. Na Virgem Maria, os Carmelitas encontram a imagem perfeita de tudo o que eles esperam: entrar numa relação íntima com Cristo, estar totalmente abertos à vontade de Deus e deixar que as suas vidas sejam transformadas pela Palavra de Deus. Os Carmelitas consideraram sempre Maria como a Patrona da Ordem, e proclamaram-na como Mãe e Formosura do Carmelo. Os Carmelitas vivem em intimidade espiritual com ela, para que possam aprender dela a viver como filhos de Deus.

Não se pode compreender o Carmelo sem a presença viva de Maria. Ela é mãe e irmã que caminha conosco nas estradas do mundo. É a peregrina e a Virgem da esperança que não permite o desânimo em nós. Modelo da nossa vida contemplativa, ela nos ensina a acolher, a meditar e a conservar a palavra de Deus no Coração. 

A comemoração solene, celebrada em diversos lugares, já no século XIV, propagou-se pouco a pouco, por toda a Ordem como sinal de gratidão dos “Irmãos” pelos inumeráveis benefícios concedidos pela Santíssima Mãe de Deus a “sua família”; com este intuito nos preparemos para sua celebração em 16 de Julho, que é a principal solenidade da Ordem Carmelita, com a novena de Nossa Senhora do Carmo de 07 a 15 de julho.


Oração a Nossa Senhora do Carmo

Ó Senhora do Carmo, revestido(a) do vosso Escapulário, eu vos peço que ele seja para mim sinal da vossa maternal proteção, em todas as necessidades, nos perigos e nas aflições da vida. Acompanhai-me com a vossa intercessão, para que eu possa crescer na Fé, Esperança e Caridade, seguindo Jesus e praticando a Sua Palavra. Ajudai-me, ó Mãe querida, para que, levando com devoção o vosso santo Escapulário, mereça a felicidade de morrer piedosamente com ele, na graça de Deus, e assim, alcançar a vida eterna. Amém.



Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...