quinta-feira, 17 de setembro de 2015

O ABRAÇO DE TERESA



Em comemoração ao V Centenário de Nascimento de Santa Teresa, a OCDS – Província São José promoveu uma peregrinação à Espanha, visitando algumas das fundações da Santa e locais importantes de sua vida. Na cidade de Alba de Tormes tivemos a grande graça de nos encontramos com a própria Santa Teresa, pois é lá onde estão seus restos mortais. E logo acima da urna pudemos contemplar suas principais relíquias: do lado esquerdo o seu coração e do lado direito o seu braço. 
O coração de Teresa está incorrupto, mesmo depois de tantos séculos, e nele podemos ver claramente a fenda causada pela flecha flamejante lançada por um anjo em uma visão mística conhecida como transverberação. Pudemos ver a olho nu aquele coração que há 500 anos esteve no corpo de Santa Teresa e que está vivo até hoje! Aquele coração que tanto amou, que tanto sofreu, que tanto acreditou, que tanto rezou e que tanto dialogou intimamente com o seu tão grande Amigo!
Ao lado direito contemplamos a relíquia do seu braço. Aquele braço que tanto trabalhou, que tanto construiu, que reformou o Carmelo! Aquele braço onde está toda a sua força, toda a sua missionariedade, todo o serviço ao Reino, toda a obediência ao que Deus lhe pediu, pois bem sabia ela que “obras quer o Senhor”!


Contemplando o coração de Teresa e o braço de Teresa, sentimos o amor e a força de seu abraço, pois um abraço verdadeiro é dado com os braços e com o coração! No abraço amoroso há uma reciprocidade, pois quem abraça também é abraçado! Naquele momento abraçamos e sentimos o abraço de Teresa! Um abraço que nos anima, nos conforta e nos impulsiona a caminhar! Um abraço que nos impulsiona a sermos luz para os outros como ela mesma é luz para nós!
 
Também no Fórum 500 anos STJ, onde todo a família do Carmelo do Brasil esteve reunida para abraçar Teresa, todos saíram com o sentimento de terem sido também verdadeiramente abraçados por Teresa!


Abraçados com Teresa, seguiremos o nosso caminho de cruz e de luz! Abraçados com Teresa nós nos abraçaremos e nos fortaleceremos! Abraçados com Teresa, mesmo em noites escuras, subiremos o Monte! Abraçados com Teresa, seguiremos confiantes no Carmelo e na Igreja até recebermos o eterno abraço da Trindade! 

Luciano Dídimo, Ocds
Presidente Provincial

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...