quarta-feira, 7 de junho de 2017

RETIRO DE ESPIRITUALIDADE CARMELITANA – OCDS -2017

Data: 05 a 07 de maio de 2017
Assessor: Frei Wilson Gomes OCD



 A Oração Teresiana: A Bíblia como fonte de oração.
Lema: Uma palavra disse o Pai, que foi seu Filho; e di-la sempre no eterno silêncio e em silêncio ela há de ser ouvida pela alma. (Dito 98 de São João da Cruz)


Junto ao Cristo Eucarístico, que vem de encontro à nossa sede quando nos “diz” ser a sua carne, verdadeira comida, e, o seu sangue verdadeira bebida, (João 6, 52-59) estamos plenamente com Ele, iniciando o Retiro de espiritualidade carmelitana de 2017.
Frei Wilson Gomes - OCD nos conduziu, reportando-nos às fontes, critérios e chaves utilizados por São João da Cruz em suas obras as quais reduz a três pontos principais: a ciência, a experiência e a Sagrada Escritura.


O Senhor nos conduz com a leitura dos livros sagrados, em sintonia com a igreja, pois, para o Papa Francisco é um perigo viver a vida cristã como se fosse uma “caricatura”, ou seja:

· Seguimento sem renúncia
· Fraternidade sem comunhão
· Obediência sem confiança
· Amor sem transcendência
· Oração sem encontro.


Portanto, exercitar a PALAVRA que é o verdadeiro AMOR (e não o gostar), em São João da Cruz é o exercício do mandamento do amor, o amor que se doa, o amor que dá sentido a todas coisas.

Exercitar a HUMILDADE é descobrir o NADA de São João da Cruz: Eis o exercício da escuta.
O caminho para o exercício da FÉ, da ESPERANÇA e da CARIDADE, se faz no Deus transcendente, pois, na humanidade de Jesus a divindade estava escondida.
É na PARTILHA que o ser se revela, é “o homem criado por amor em comunhão” com o Criador:

· Para “um dia consagrado ao Senhor sendo alegria e força na caminhada “;
· Para servir ao outro e ser Palavra, ser o próprio Jesus;
· Para ouvir e mergulhar na palavra de Deus e deixá- Lo agir
· Para ser o diamante de Teresa, o joalheiro, Deus, faz novo trabalho;
· Para novas e frutuosas consequências;
· Para viver o Jesus Cristo que tem palavras de vida eterna;
· Para conhecer São João da Cruz e com ele ser discípulo verdadeiro de Jesus.


Caminhar com São João da Cruz, vivendo a ORAÇÃO TERESIANA, como discípulo amado de JESUS, nos instrui à leitura da PALAVRA, que é ELE MESMO, nos levando a viver plenamente o ser carmelita para partilhar e compartilhar com a humanidade, a PALAVRA do PAI criador que quer se dar a nós.

Proceder à “lectio”, “meditatio”, “oratio”, “contemplatio” e a “comunicatio” nos leva ao PAI, ou seja, nos leva a ser autêntico cristão, autêntico carmelita.
É a leitura orante vivida e vivenciada nos passos que se fazem “palavras – chaves” de nossas vidas, para a maturidade da Fé.

É a oração do coração!

Comissão de Intercessão da OCDS

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...