sexta-feira, 28 de junho de 2019

Oração da Escola de Formação Edith Stein




ORAÇÃO 

Senhor Deus de nossos pais, Fonte da eterna Alegria, 
nós Vos louvamos hoje e sempre. 
Iluminai-nos ao longo deste período de formação para que 
Vos procuremos sem cessar Vós que sois a Suma Verdade. 
Somos instrumentos em suas mãos, nos colocamos a serviço, 
a fim de que mais pessoas possam Te conhecer e 
guardar a eterna Aliança de Amor. 
Que sob a intercessão de nossa irmã Santa Edith Stein 
possa abundar em nós a sabedoria da Cruz e 
assim conformemos nossas vidas ao Seu Coração. 
Amém!


Comissão de Espiritualidade – OCDS
Província São José – Brasil.



terça-feira, 25 de junho de 2019

Comunidades e Grupos OCDS compartilham suas atividades nas redes sociais.

Celebração de Admissão ao Período Formativo
na Comunidade Santa Teresinha do Menino Jesus
em Campinas, SP.

Retiro anual da Comunidade Santa Teresa de Jesus/ RJ.

Reunião da Comissão de Controladoria - OCDS em São Luís/MA. 

Grupo Caminho do Monte Carmelo (Cachoeiro-ES)
celebrando Corpus Christ no Carmelo São Jose. 

Reunião ordinária do Grupo Vinha do Senhor. 

Missão Social da Comunidade São José - Sete Lagoas/ MG
junto aos irmãos em condição de rua. 

Pascoella das Comunidades de Minas Gerais. 

O Grupo Nossa Senhora do Sorriso Natal/RN
comemora o São João. 

Reunião formativa da
Comunidade Flor do Carmelo de Santa Teresinha
– Fortaleza/CE. 

OCDS e OCD de Fortaleza/CE
participam da Celebração de Corpus Christi. 

Reunião de Formação e Renovação das Promessas
da Comunidade Rainha do Carmelo de Fortaleza/CE.

Pascoela da Comunidade Santa Teresinha do Menino Jesus
– Caratinga e Grupo Elisabete da Trindade – Cel. Fabriciano.
Participaram os Freis Wilson e Marlon, ocd. 

Missão da Semana Santa no Vale do Jequitinhonha.

Retiro da Comunidade Santa Teresinha do Menino Jesus –
Caratinga e Grupo Elisabete da Trindade – Cel. Fabriciano.

quarta-feira, 19 de junho de 2019

PASCOELA 02/06/2019

COMUNIDADE SÃO JOÃO DA CRUZ – BELO HORIZONTE /MG
Comunidade anfitriã.

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo!

Há 29 anos o Frei Deneval Januário – OCD, Frei Alzinir Debastiani – OCD e frei Luiz Felipi P. A. Mendes, criaram a Pascoela com a Comunidade São João da Cruz em BH – MG, para reunirmos a princípio com nossas famílias no Convento São João da Cruz – OCD, e, as Comunidades de BH – OCDS. Deus lhes pague! (Frei Deneval e Frei Luiz Felipi – em memória).

Assim, criamos um circuito de revezamento com as Comunidades OCDS de BH, posteriormente as Comunidades Santa Teresinha e São José de Sete Lagoas, solicitaram a participação nesse circuito. Portanto, ao longo de cinco anos, nos revezamos para o encontro das Comunidades OCDS BH: São João da Cruz, Santa Teresa e Santa Teresinha, incluindo as Comunidades São José e Santa Teresinha de Sete Lagoas. Convidamos, normalmente, todas as Congregações afiliadas ao Carmelo Descalço e ao Carmelo da antiga Observância. Em média temos de 100 a 140 pessoas... com a graça de Deus.

Eis o histórico da Pascoela de 2019 com as mensagens enviadas para nossa alegria:

Mensagem de Liliane L. Rocha – Acolhida da celebração com a presidente da Comunidade anfritriã: Comunidade São João da Cruz, BH - MG.

Queridos Irmãos e irmãs sejam todos muitíssimo bem-vindos!
Que “nossa casa” seja também a “vossa casa”!
Celebramos a Ascensão do Senhor e o convite para este dia é que ainda que estejamos com os pés no chão, neste mundo, passando por aqui, estejamos com o nosso coração elevado ao céu, com os olhos fixos em Jesus, como também nos aconselha a Santa Madre Teresa de Jesus... e por falar nela, vocês sabiam que segundo a tradição, ela foi a pessoa que vestiu o Menino Jesus de Rei? Permitam-me partilhar uma singularidade em relação à escolha da data para estarmos juntos: Ao sair da Pascoela no ano passado, ficou decidido que seria no dia 5.5, portanto a Comunidade ao refletir melhor a data, optou pelo dia 08.06, mas seria a festa da família do Planalto, e aí decidimos pelo dia 02.06. O salão da matriz, onde celebraríamos também não poderia nos acolher... só teríamos o salão da Capelinha do Menino Jesus. E não é que hoje se celebra o dia do Menino Jesus de Praga pelo mundo, exatamente neste dia? No meu entendimento, Ele quis, nesta capela, celebrar este dia conosco, os carmelitas. Portanto, queridos irmãos, queridas irmãs, deixemos que o Espírito Santo conduza este dia que o Senhor fez para nós, e, que estejamos abertos à Sua Graça com determinada determinação, hoje e sempre, decididos por Ele, decididos por Jesus e com Maria e São José, que a comum unidade cresça mais e mais entre nós. Que ser carmelita no mundo possa ser um jeito especial de levar Jesus às pessoas.

Escola permanente de oração e de humanização. Sejam mais uma vez, todos muito bem-vindos!

Convido o Frei Felipe Rocha – OCD, Assistente das Comunidades da Conselheira Ruth Leite, para dar uma palavrinha e transmitir a mensagem que ela nos enviou:

“Queridos irmãos do Carmelo, nesta Pascoela, peço a Deus, que a partir  da alegria  da ressurreição  de Jesus, os laços  fraternos  entre nós  sejam renovados e fortificados, para podermos  transbordar  de amor em cada missão,  particular e comunitária.  Que Nossa  Senhora  do Carmo,  e todos os  Santos  do Carmelo,  nos façam mergulhar  na  experiência  deste amor impulsionando-nos para uma vida cada vez mais  entregue a Deus. 

Feliz Pascoela! Segue também uma poesia, para festejar com vocês!”

“ Uma palavrinha do Frei Afonso - OCD: Irmãos e irmãs, Boa Pascoela!!!!
Fazer Pascoela, significa  se comprometer por uma cultura pascal no dia a dia....
Busquemos a cada momento as coisas do alto, vale dizer, os valores vividos e ensinados por Cristo!
Boa festa!


Mensagem com a Poesia enviada pelo Presidente Provincial Luciano Dídimo:


Mensagem da Zilernice – Cissa  – Comunidade São João da Cruz - BH:

Nossa Pascoela começou na VÉSPERA!!!

Com alegria e disposição a Comunidade São João da Cruz, de Belo Horizonte, se reuniu no sábado, 01/06, às 16:00 hs. Nossa tarefa: preparar o local onde seria realizada nossa tão aguardada Pascoela. Tarefa agradável e realizada com muito carinho por cada integrante da OCDS São João da Cruz.

Cada instante do dia nos trouxe uma recompensa de amor. Fomos dormir inebriadas pelo calor da Chama Viva que ardeu em nossos corações e na expectativa de acolher, com imenso carinho, cada um dos nossos irmãos-convidados para esse momento tão especial para nós Carmelitas.

A Celebração Eucarística presidida por Frei Márcio, a renovação de nossas Promessas e finalmente, em conformidade com nosso carisma Teresiano, a confraternização.

Vivenciamos momentos agradáveis e inesquecíveis. Cada um dos presentes contribuiu para que este dia se tornasse especial e único.

A comunidade São José de Sete Lagoas - MG nos brindou com um interessante jogo formativo: A roleta Carmelitana. Cada comunidade presente foi representada por um integrante e dá-lhe formação. Excelente.

Agradecemos as mensagens enviadas pelo provincial da Província Sudeste Frei Afonso, do nosso provincial OCDS Luciano Dídimo e de nossa delegada Ruth. Através de suas palavras tornaram este dia ainda mais especial.

Foi estupendo e provamos o amor entre os irmãos.
Viva Santo Padre João da Cruz, viva Santa Madre Teresa de Jesus, que nos reúne sob a fonte carmelitana, “porque aí o Senhor nos tem dado a sua benção, o seu Amor e a Vida eterna”


Mensagem da Maria Sônia MadureiraComunidade São João da Cruz – BH – MG: Celebrar nossa Pascoela, é realmente um momento de profundo amor. Como é lindo reencontrarmos nossos irmãos de caminhada, e que bebem na mesma fonte. Momento ímpar. E outra alegria que deve ser registrada e compartilhada. Todas nós, nos envolvemos com carinho, amor e dedicação. Salve a comunidade São João da Cruz. Sônia Madureira.

Mensagem de Eduardo – Comunidade Santa Teresinha de Sete Lagoas – MG: 

Foi ótimo, sempre Carmelo é tudo de bom. Nos vemos na Pascoela 2020 em Sete Lagoas.

Mensagem de Alessandra Rocha – Ordem Terceira do Carmo de Sabará/ MG.:

 Foi uma alegria estar reunida com essa linda família carmelitana.

Mensagem dos membros da Comunidade Santa Teresinha – OCDS – BH:

  •       Obrigado! Que a Comunidade São João da Cruz, continue a ser luz e exemplo para todos nós! Bjins. Virgínia e Evandro.

  •    Parabéns pela maravilhosa Pascoela que a Comunidade São João da Cruz nos proporcionou ( a toda a família carmelitana). Muito obrigada! Mirtes.


Mensagens das Irmãs Carmelitas da Divina Providência, Congregação afiliada ao Carmelo da antiga observância do Carmelo:
  •     Louvamos a feliz idéia de quem organizou esses encontros de confraternização carmelitana, que nos ajudam a crescer na fraternidade. Parabéns e muito obrigada! Irmã Teresa – CDP
  •     Com passos pequenos e contínuos vamos fortalecendo nossa identidade carmelitana, partilhando os valores do nosso carisma: oração, acolhimento, alegria, simplicidade, fraternidade. Isto tem se realizado nestes encontros de “Pascoela”. Fidelidade é assim! Damos graças a Deus! Somos agradecidas pela Equipe de organização. CDP.
  •     Foi muito bom participar da Pascoela pela primeira vez! Que Deus abençoe todos vocês e que Nossa Senhora do Carmo os proteja, hoje e sempre com seu manto sagrado! Muito obrigada! Irmã Júlia. CDP.
  •      Louvo a Deus por esta iniciativa que faz bem à alma e fortalece a fraternidade entre as pessoas provocando sempre mais as pessoas com o mesmo ideal e o propósito de servir e ser amiga de todos. Bendito seja o Senhor! Parabéns a todos que lutaram para este encontro fraterno.

Agradecemos a presença de cada carmelita irmão, irmã, o apoio e serviço de nossas famílias na retaguarda, e também de amigos do Carmelo que contribuíram com sua presença, doações, serviço, e tantas mensagens preciosas, para maior honra e glória do Senhor.

Agradecemos, cada um de vocês que estiveram conosco, carmelitas de nossa Comunidade São João da Cruz com seu trabalho e carinho; ao Frei Márcio OCD, que celebrou conosco e abrilhantou nossa Santa Missa com sabedoria e seu sorriso tão especial e feliz com a renovação das promessas de mais de 30 membros da OCDS, ali presentes; graça do Senhor; aos frades estudantes do Convento São João da Cruz que tanto nos ajudaram nos prestigiando com as músicas e a poesia de cada uma, dos escritos de nossos santos. À Comunidade Santa Teresa de Jesus e Santa Teresinha do Menino Jesus – BH – MG; Comunidade Santa Teresinha de Sete Lagoas - MG. Carmelitas Teresianas de Florença, BH- MG.

Agradecemos à Comunidade São José de Sete Lagoas, com sua alegria cuidando das atividades para o nosso lazer, e que vieram em peso. Foi muito especial ter vocês conosco.

Agradecemos ao Grupo OCDS Bem- Aventurada Virgem Maria do Monte Carmelo, de Itaúna – MG; aos frades da antiga observância da Ordem do Carmo em BH: Frei Vicente – OC e todos os estudantes que estiveram conosco, representando suas casas. 

Às Congregações afiliadas ao Carmelo: Fraternidade de Carmelitas Leigos de BH; Carmelitas leigas e religiosas do Padre Palau – Betim – MG; Ordem terceira de Sabará – MG; Carmelitas de Vedruna – BH – MG; e aos convidados que não estiveram conosco e nos desejaram uma Feliz Pascoela, Carmelitas de Vedruna de Engenheiro Guerra; Carmelitas de Madre Candelária, Mariana; Pequenas Irmãs de Santa Teresa de Jesus e Irmãs Carmelitas do Divino Coração, ambas de Itaúna; Comunidade Edith Stein de Divinópolis; Comunidade Santa Elizabeth da Trindade – MOC, Frei Carlos e Marlene Fhriammi; Contamos também com as orações das monjas do Carmelo Nossa Senhora Aparecida, do Carmelo Imaculada Conceição e Maria Mãe da Igreja e Paulo VI; o nosso Deus lhes pague!

E como na ilustração do nosso Convite para a Pascoela ficamos com a mensagem de São João da Cruz: “No entardecer de nossas vidas seremos julgados pelo amor”.

 













Relíquias de São João da Cruz e de São Luis e Santa Zélia











Liz Lelis Rocha -  OCDS – Comunidade São João da Cruz
Belo Horizonte/MG 

terça-feira, 18 de junho de 2019

01 MINUTO COM AS CONSTITUIÇÕES DA OCDS.

 Art.4. A Virgem Maria se faz presente de maneira especial, sobretudo como modelo de fidelidade na escuta do Senhor e em sua atitude de serviço a Ele e aos demais. Maria é aquela que conservava e meditava em seu coração a vida e as ações de seu Filho, dando exemplo de contemplação. Ela foi quem aconselhou, nas bodas de Caná, que fizessem o que o Senhor lhes dissesse: Maria é exemplo de serviço apostólico. E foi ela, outra vez, quem esperou a vinda do Espírito Santo, perseverando em oração com os apóstolos, dando testemunho da oração de intercessão. Ela é Mãe da Ordem. O Carmelita Secular goza de sua especial proteção e cultiva uma sincera devoção mariana.•.

Breves Comentários:

 “ Flor do Carmelo, Videira Florida, Esplendor do céu, Virgem Mãe sem igual”. Maria é para o secular, um modelo de escuta e meditação da Palavra de Deus. Dentro de nós, batizados, habita a própria Santíssima Trindade. No entanto, ainda não chegamos à perfeita união com Deus, porque nossa vontade não está totalmente unida à d'Ele. Para chegar a isso, Maria Santíssima nos ajuda, pois, sendo plenamente configurada a seu Filho, ela gera em nós um coração submisso e conformado ao Coração divino. Ela é o modelo da bem aventurança “felizes os puros de coração”, e ensina-nos a reconhecer as nossas motivações e a pô-las de acordo com os valores do Evangelho. (Andréia Virgínia, OCDS).
As nossas constituições  e estatutos explicitam a maneira como devemos viver a devoção  a Nossa Senhora.  Não  devemos  nos fixar em todas as formas e títulos  que se  apresentarem.  A veneração  a Nossa Senhora do Carmo  faz parte de nossa identidade.  Não  existem  devoções  à  Maria  ruins ou reprováveis.  Não  devemos  nos  filiar a outras por ser impossível  seguir fielmente  várias.  A nossa forma de viver essa devoção  deve consumir  todas as nossas forças.                                           
(Ruth  Leite Vieira,OCDS)

sábado, 15 de junho de 2019

CONVITES

A Comunidade São João da Cruz de São Luís do Maranhão tem a imensa alegria de convidá-los para a Santa Missa, na qual membros da comunidade serão admitidos ao período formativo com a imposição do Escapulário e farão promessas temporárias. 
Data: 20 de junho de 2019 às 18 h
Local: Casa de Retiro Oásis - Durante o Congresso Norte/Nordeste




O grupo Santa Elisabeth da Trindade de Coronel Fabriciano/MG tem a imensa alegria de convidá-los para a Santa Missa, na qual membros da comunidade farão suas promessas definitivas. 
Data: 16 de julho de 2019 às 19 h
Local: Capela do Carmelo Santíssima Trindade e Santa Elisabeth da Trindade - 
Coronel Fabriciano/MG. 



A Comunidade São José de Sete Lagoas/MG tem a imensa alegria de convidá-los para o III Encontro Carmelitano que terá como tema: A alma que caminha no amor não cansa, e nem se cansa.  
Data: 01 de setembro de 2019 das 7 às 18 h
Local: Capela Nossa Senhora de Lourdes - 
R. Florianópolis, 360 - Canãa - Sete Lagoas/MG. 


Comunidade São José de Sete Lagoas/MG tem a imensa alegria de convidá-los para a Missa Solene na qual será celebrada a Ereção Canônica da Comunidade. 
Data: 16 de julho de 2019 às 19:30 h.
Local: Capela São José - 
R. Uberlândia, 65 - Catarina - Sete Lagoas/MG. 


quinta-feira, 13 de junho de 2019

01 MINUTO COM AS CONSTITUIÇÕES DA OCDS.                                                                                                                                                     

 Art. 3. Os membros da Ordem Secular dos Carmelitas Descalços são fiéis da Igreja  chamados a viver “em obséquio de Jesus Cristo ” através “da amizade com Quem sabemos que nos ama”, servindo à Igreja. Debaixo da proteção de Nossa Senhora do Monte Carmelo, segundo a inspiração de Santa Teresa de Jesus, São João da Cruz e da tradição bíblica do profeta Elias, buscam aprofundar o compromisso cristão recebido no batismo..                                                            

Breves comentários:

A profissão de fé de Elias "Vivo é o Senhor em cuja presença estou!" sempre inspirou os Carmelitas. Ela é a raiz da nossa vida no Carmelo. Que ela possa ser também a fonte da nossa disponibilidade para servir.
A oração, o tratar de amizade estando muitas vezes a sós com quem sabemos que nos ama, é o nosso grande objetivo e fim.
"A oração é um trato de amizade com Deus”, nos ensina Santa Teresa. Adorar a Deus em espírito e em verdade é fazer a experiência de buscá-Lo por amor, reconhecer que já não podemos caminhar sem Ele. O Senhor nos seduziu, nos atraiu para si e agora é impossível viver sem o amor d’Ele.
(Andréia Virgínia, OCDS)   
        
Esse artigo  trata a nossa identidade  enquanto  carmelitas seculares.  Viver em obséquio  de Cristo,  fazer da vida seu seguimento  é  o alicerce comum a todo batizado.  Mas para nós  essa vida se caracteriza pela intimidade  com  Deus,  através dessa amizade  com quem sabemos  que  nos ama. Tudo para servir à  Igreja  e a humanidade.  Porém,  tendo como características  essenciais  ao estilo de vida, a proteção  de Nossa Senhora do Carmo,  os ensinamentos de Santa  Teresa e São João  da Cruz e da tradição  bíblica  de Santo Elias.  Importante , portanto,  fixar os olhos, corações  e mentes nestes aspectos  específicos. Tudo  que  a Igreja  oferece é  maravilhoso,  mas se quisermos  abarcar muito não viveremos nada. Aconselha-se ao carmelitas secular  se concentrar  nas exigências  do Carmelo, pois para nós  essa é  a melhor  forma de  servir a Deus.  (Ruth Leite Vieira, ocds)

Convite: Ereção Canônica da Comunidade São José - Sete Lagoas/MG


segunda-feira, 10 de junho de 2019

Nota de Falecimento - Jurema Georgina de Andrade





ORDEM DOS CARMELITAS DESCALÇOS SECULARES 
PROVÍNCIA SÃO JOSÉ 
COMUNIDADE SANTA TERESA DE JESUS 


Jurema Georgina de Andrade, na OCDS Jurema de Santa Teresa, nasceu em 17/06/1952 e faleceu em 31/05/2019

Foi por muito tempo acompanhante de uma senhora que vindo a falecer, em seus últimos momentos, pediu ao filho que permitisse que Jurema continuasse a residir na casa onde moravam. O filho acolheu o desejo de sua mãe, e assim, nossa irmã passou a viver nesta casa até sua morte. 

Dedicava-se a ajudar na paróquia de Santa Isabel Rainha de Portugal e Algarves, no bairro de Bento Ribeiro. Frequentava a santa missa diariamente, acompanhada da recitação do terço. 

Conheceu a OCDS em um retiro de Carnaval e logo começou a frequentar as reuniões no Convento Nossa Senhora do Monte Carmelo, da Congregação das Irmãs Carmelitas Servas dos Pobres do Brasil. 

Fez sua Admissão à OCDS em 27/08/2006, Primeiras Promessas em 23/08/2009 e Promessas Definitivas em 25/08/2012. Na Comunidade exerceu a função de Conselheira de 2013 a 2014, indicada pelo Conselho Provincial. 

Sempre silenciosa e presente, trazia as características de contemplação e escuta, tão importantes para a identidade carmelitana. Assídua nos momentos fraternos, demonstrava assim seu amor pela vida comunitária.

Texto enviado por Ana Cláudia Menegucci, 
Presidente da Comunidade Santa Teresa de Jesus / RJ.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...