quarta-feira, 29 de junho de 2011

Muito obrigada por tudo!!!!!!

Agradeço à Comunidade São João da Cruz, de São Luís-MA, pela ótima organização do VIII Congresso OCDS Norte/Nordeste. Foram momentos preciosos onde aproveitamos juntos de tantos ensinamentos e partilhas!!!!!! Deus os recompense pela acolhida carinhosa!!!! Voltamos felizes!!!! No nosso proximo Congresso seremos recebidos pelo Grupo Santa Teresinha, da OCDS de Camaragipe, em Pernambuco. Desde já pedimos que o SENHOR esteja ajudando nos trabalhos.

Meu abraço fraterno e que Deus abençoe a todos(as)
Maria Eduarda

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Vigília de Pentecostes no Centro Teresiano


OCDS se reúne no Centro Teresiano

Nos últimos dias 11 e 12 de junho realizamos no Centro Teresiano de Espiritualidade, em São Roque, um encontro fraterno entre os frades carmelitas e as comunidades da Ordem Secular de Jundiaí, Itapetininga e São Roque. Fizemos no dia 11 à noite a Vigília de Pentecostes pelo claustro do convento e logo depois iniciamos a santa missa. No dia seguinte rezamos as laudes e tivemos um pequeno encontro formativo e em seguida celebramos a missa em louvor ao Espírito Santo. Encerramos nosso encontro com um almoço muito gostoso pois foi marcado pela alegria de estarmos juntos como irmãos no Carmelo. Foi um encontro muito bom pois tivemos a oportunidade de descansar, partilhar, estudar, confraternizar e sobre tudo de viver um verdadeiro espírito de família.
Agradeço a todos das comunidades que atenderam nosso convite para passar este momento juntos. Aqueles que não puderam comparecer já estão convidados para o próximo. Um agradecimento especial aos frades da comunidade pelo apoio e pela participação.

Frei Fabiano Alcides

----------

CONTINUAÇÃO DO TERCEIRO DIA DO .VIII CONGRESSO OCDS NORTE/NORDESTE

Após o almoço iniciamos com a palestra de Gustavo (Camaragibe-PE), com o tema, Esperança cristã, terreno fértil em que a semente cresce, mesmo sem perceber.

Intervalo, abaixo: Frei Fabiano e Ir.Mirian,Graça(Teresina-PI),Raimundo, Eugênia, Maria Luiza e Jacqueline:



Maria Eduarda e Natália:Momento Mariano, conduzido por Ana Stela(Fortaleza-CE). Aconteceu um teatro sobre a anunciação do Anjo e visita à Santa Isabel: Raimundo, Ir.Mirian e Luciene, representando o Anjo, Maria e Isabel:Momento da anunciação do anjo:Após o momento mariano nos organizamos para a foto oficial, abaixo, Ana Stela e Ir.Mirian:Tentativa da foto oficial:Oração das Vésperas, Frei Fabiano aproveitou o momento para nos ensinar alguns detalhes sobre esta oração:Aguardando o jantar, Luciene, Natália e Socorro Neves: Frei Wilson, Teresinha, Ruth e Efigênia:Hora do jantar, Frei Fabiano, Maria Luiza, Cláudia e Raimundo: Após o jantar, aguardamos o Boi do Maranhão para uma apresentação folclórica, mas providencialmente ele não apareceu, então dançamos a quadrilha, e foi muito bom. Abaixo, Fátima e Natália.


ALEGRIA, ALEGRIA, ALEGRIA, foi assim que terminou nosso terceiro dia de congresso.



--
Postado por Natália Durand, ocds no Blog da Comunidade Rainha do Carmelo (OCDS) em 6/27/2011 04:36:00 AM

A HISTORIA DO PATO



**

Havia dois irmãos que visitavam seus avós no sítio, nas férias.

Felipe, o menino, ganhou um estilingue para brincar no
mato. Praticava sempre, mas nunca conseguia acertar o alvo.

Certa tarde viu o pato de estimação da vovó... Em um impulso atirou
e acabou acertando o pato na cabeça e o matou. Ele ficou chocado e
triste!

Entrou em pânico e escondeu o pato morto no meio da madeira!

Beatriz, a sua irmã viu tudo mas não disse nada aos avós.

Após o almoço no dia seguinte, a avó disse: "Beatriz, vamos lavar a
louça"

Mas ela disse: " Vovó, o Filipe me disse que queria ajudar na
cozinha". E olhando para ele sussurrou: "Lembra do pato?" Então o
Felipe lavou os pratos.


Mais tarde o vovô perguntou se as crianças queriam pescar e a vovó
disse: "Desculpe, mas eu preciso que a Beatriz me ajude a fazer o
jantar."

Beatriz apenas sorriu e disse, "Está bem, mas o Filipe me disse que
queria ajudar hoje", e sussurrou novamente para ele, "Lembra do pato?"

Então a Beatriz foi pescar e Filipe ficou para ajudar.

Após vários dias o Filipe sempre ficava fazendo o trabalho da
Beatriz até que ele, finalmente não agüentando mais, confessou para
a avó que tinha matado o pato.

A vovó o abraçou e disse: "Querido, eu sei... eu estava na janela e
vi tudo, mas porque eu te amo, eu te perdoei. Eu só estava me
perguntando quanto tempo você iria deixar a Beatriz fazer você de
escravo!"

Qualquer que seja o seu passado, ou o que você tenha feito...
(mentir, enganar, seus maus hábitos, ódio, raiva, amargura, etc
).... seja o que for... você precisa saber que *Deus estava na
janela e viu tudo como aconteceu*.

Ele conhece toda a sua vida ... Ele quer que você saiba que Ele te
ama e que você já está perdoado. *Ele está apenas querendo saber
quanto tempo você vai deixar o diabo fazer de você um escravo*.

Deus só está esperando você pedir perdão, Ele não só perdoa, mas Ele
se esquece.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...