quarta-feira, 29 de março de 2017

COMUNICADO: Simpósio Internacional Santa Elisabete da Trindade



A ORDEM DOS CARMELITAS DESCALÇOS SECULARES DA PROVÍNCIA SÃO JOSÉ, ATRAVÉS DA ESCOLA DE FORMAÇÃO EDITH STEIN, ORGANIZADORA DO SIMPÓSIO INTERNACIONAL SANTA ELISABETE DA TRINDADE, QUE SE REALIZARÁ DE 20 A 23/04/2017 EM BELO HORIZONTE,

COMUNICA

QUE DEVIDO AOS ÚLTIMOS ATENTADOS OCORRIDOS EM MARÇO/2016, O GOVERNO BELGA BUROCRATIZOU DE TAL FORMA A EMISSÃO DO PASSAPORTE E OS VISTOS DE SAÍDA E ENTRADA NO PAÍS, QUE IMPOSSIBILITOU[1] A PRESENÇA DE MARIE-PAUL, OCDS NO EVENTO. EM SEU LUGAR ESTAREMOS RECEBENDO O POSTULADOR GERAL PARA CAUSA DA CANONIZAÇÃO DE ELISABETE DA TRINDADE, FREI ROMANO GAMBALUNGA, OCD.



[1]Aos que porventura se sintam penalizados e queriam desistir da participação no Simpósio, devolveremos sua inscrição integralmente. 


terça-feira, 28 de março de 2017

10 Anos da OCDS Camaragibe com Comemoração e Retiro

Os 10 anos de fundação da Comunidade Santa Teresinha do Menino Jesus e da Santa Face foram comemorados pelos atuais membros com oração, comunhão fraterna e formação. Teve início com a missa matinal, às 7h da manhã no Carmelo de Camaragibe, com a assistência das pessoas que frequentam o Carmelo, sendo celebrada pelo Pe André.
Na sequência, a Comunidade OCDS Camaragibe rezou as Laudes e, logo após, seguiu para um café da manhã compartilhado.
Retornamos com momento de reflexão, relembrando os pilares do Carmelita Secular e avaliamos, cada um, sua participação e seus compromissos junto à Comunidade OCDS e à Ordem.
Após o almoço compartilhado, momento de retiro individual e, em seguida, festejamos com as irmãs do Carmelo Imaculada Conceição.

Foram momentos de alegria junto ao Nosso Senhor Jesus Cristo e em comunhão na Ordem.



























28/03/17: 502 anos do nascimento de Santa Teresa de Jesus

Poesia VIII: Buscando a Deus


Alma, busca-te-ás em Mim
E a Mim busca-te-ás em ti.

De tal sorte pôde o amor,
Alma, em mim te retratar,
Que nenhum sábio pintor 
Soubera com tal primor 
Tua imagem estampar.

Foste por amor criada,
Bonita e formosa, e assim
Em meu coração pintada,
Se te perderes, amada,
Alma, busca-te-ás em Mim.

Porque sei que te acharás
Em meu peito retratada,
Tão ao vivo debuxada,
Que, em te olhando, folgarás
Vendo-te tão bem pintada.

E se acaso não souberes
Em que lugar me escondi,
Não busques aqui e ali,
Mas, se me encontrar quiseres,
A Mim, buscar-me-ás em ti.

Sim, porque és meu aposento,
És minha casa e morada;
E assim chamo, no momento
Em que de teu pensamento
Encontro a porta cerrada.

Buscar-me em ti, não por fora...
Para me achares ali.
Chama-me, que, a qualquer hora,
A ti virei sem demora,
E a Mim buscar-me-ás em ti.

Santa Teresa de Jesus (Ávila)

502 anos de seu nascimento, hoje dia 28 de março.

*********

Compartilhamos ainda a carta do Santo Padre, Papa Francisco, por ocasião da celebração dos 500 anos de nascimento de Santa Teresa, em 2015.


Carta del papa Francisco a la Orden del Carmelo Descalzo




Al Revdmo. P. Saverio Cannistrà

Prepósito general de la Orden de los Hermanos Descalzos
de la Bienaventurada Virgen María del Monte Carmelo

Querido Hermano:

Al cumplirse los quinientos años del nacimiento de santa Teresa de Jesús, quiero unirme, junto con toda la Iglesia, a la acción de gracias de la gran familia del Carmelo descalzo -religiosas, religiosos y seglares- por el carisma de esta mujer excepcional.

Considero una gracia providencial que este aniversario haya coincidido con el año dedicado a la Vida Consagrada, en la que la Santa de Ávila resplandece como guía segura y modelo atrayente de entrega total a Dios. Se trata de un motivo más para mirar al pasado con gratitud, y redescubrir “la chispa inspiradora” que ha impulsado a los fundadores y a sus primeras comunidades (cf. Carta a los Consagrados, 21 noviembre 2014).

¡Cuánto bien nos sigue haciendo a todos el testimonio de su consagración, nacido directamente del encuentro con Cristo, su experiencia de oración, como diálogo continuo con Dios, y su vivencia comunitaria, enraizada en la maternidad de la Iglesia!

1. Santa Teresa es sobre todo maestra de oración. En su experiencia, fue central el descubrimiento de la humanidad de Cristo. Movida por el deseo de compartir esa experiencia personal con los demás, escribe sobre ella de una forma vital y sencilla, al alcance de todos, pues consiste simplemente en “tratar de amistad con quien sabemos nos ama” (Vida 8,5). Muchas veces la misma narración se convierte en plegaria, como si quisiera introducir al lector en su diálogo interior con Cristo.

La de Teresa no fue una oración reservada únicamente a un espacio o momento del día; surgía espontánea en las ocasiones más variadas: “Cosa recia sería que solo en los rincones se pudiera traer oración” (Fundaciones 5, 16). Estaba convencida del valor de la oración continua, aunque no fuera siempre perfecta. La Santa nos pide que seamos perseverantes, fieles, incluso en medio de la sequedad, de las dificultades personales o de las necesidades apremiantes que nos reclaman.

Para renovar hoy la vida consagrada, Teresa nos ha dejado un gran tesoro, lleno de propuestas concretas, caminos y métodos para rezar, que, lejos de encerrarnos en nosotros mismos o de buscar un simple equilibrio interior, nos hacen recomenzar siempre desde Jesús y constituyen una auténtica escuela de crecimiento en el amor a Dios y al prójimo.

2. A partir de su encuentro con Jesucristo, Santa Teresa vivió “otra vida”; se convirtió en una comunicadora incansable del Evangelio (cf. Vida 23,1). Deseosa de servir a la Iglesia, y a la vista de los graves problemas de su tiempo, no se limitó a ser una espectadora de la realidad que la rodeaba. Desde su condición de mujer y con sus limitaciones de salud, decidió -dice ella- “hacer eso poquito que era en mí, que es seguir los consejos evangélicos con toda la perfección que yo pudiese y procurar que estas poquitas que están aquí hiciesen lo mismo” (Camino 1,2). Por eso comenzó la reforma teresiana, en la que pedía a sus hermanas que no gastasen el tiempo tratando “con Dios negocios de poca importancia” cuando estaba “ardiendo el mundo” (Camino 1,5). Esta dimensión misionera y eclesial ha distinguido desde siempre al Carmelo descalzo.

Como hizo entonces, también hoy la Santa nos abre nuevos horizontes, nos convoca a una gran empresa, a ver el mundo con los ojos de Cristo, para buscar lo que Él busca y amar lo que Él ama.

3. Santa Teresa sabía que ni la oración ni la misión se podían sostener sin una auténtica vida comunitaria. Por eso, el cimiento que puso en sus monasterios fue la fraternidad: “Aquí todas se han de amar, todas se han de querer, todas se han de ayudar” (Camino 4,7). Y tuvo mucho interés en avisar a sus religiosas sobre el peligro de la autorreferencialidad en la vida fraterna, que consiste “todo o gran parte en perder cuidado de nosotros mismos y de nuestro regalo” (Camino 12,2) y poner cuanto somos al servicio de los demás. Para evitar este riesgo, la Santa de Ávila encarece a sus hermanas, sobre todo, la virtud de la humildad, que no es apocamiento exterior ni encogimiento interior del alma, sino conocer cada uno lo que puede y lo que Dios puede en él (cf. Relaciones 28). Lo contrario es lo que ella llama la “negra honra” (Vida 31,23), fuente de chismes, de celos y de críticas, que dañan seriamente la relación con los otros. La humildad teresiana está hecha de aceptación de sí mismo, de conciencia de la propia dignidad, de audacia misionera, de agradecimiento y de abandono en Dios.

Con estas nobles raíces, las comunidades teresianas están llamadas a convertirse en casas de comunión, que den testimonio del amor fraterno y de la maternidad de la Iglesia, presentando al Señor las necesidades de nuestro mundo, desgarrado por las divisiones y las guerras.

Querido hermano, no quiero terminar sin dar las gracias a los Carmelos teresianos que encomiendan al Papa con una especial ternura al amparo de la Virgen del Carmen, y acompañan con su oración los grandes retos y desafíos de la Iglesia. Pido al Señor que su testimonio de vida, como el de Santa Teresa, transparente la alegría y la belleza de vivir el Evangelio y convoque a muchos jóvenes a seguir a Cristo de cerca.
A toda la familia teresiana imparto mi Bendición Apostólica.

Vaticano, 28 de marzo de 2015

segunda-feira, 27 de março de 2017

2º Congresso de Jovens Carmelitas



É com muita alegria e gratidão a Deus que queremos convidá-los a participar do 2º Congresso de Jovens Carmelitas da Província São José. Se realizará de 28 a 30 de julho, no Centro Teresiano de Espiritualidade, em São Roque – SP.

Tema: “EIS AÍ TUA MÃE” (Jo 19,26),
Lema: “Seja tudo para glória e louvor da gloriosa Virgem Maria, cujo Hábito trazemos” (V 36.28).

Esse congresso tem como público alvo os jovens que já vivem a espiritualidade do Carmelo, seja como carmelitas seculares, seja como aspirantes, postulantes, noviços e estudantes dos frades, seja como vocacionadas das monjas, ou membros de quaisquer outros movimentos, institutos ou comunidades que bebam da espiritualidade carmelitana. São 120 vagas, portanto, as inscrições para os jovens da OCDS e OCD estarão abertas até o dia 15 de maio. Após esta data, as inscrições estarão abertas aos demais membros da OCDS e aos amigos do Carmelo.

Taxa de inscrição é de R$ 220,00 (parcelamento em 4 x 55,00 para os dias 10/04, 10/05, 10/06 e 10/07).

Depósito em conta: CEF / Ag: 0668 / OP: 013 (poupança) / Conta: 58003-6 / Titular: Wilderlânia Lima do Vale / CPF: 011.059.343-06.

As inscrições serão on-line: https://goo.gl/forms/KsCCqIdlXO8aeTZ22, e serão confirmadas somente após o envio do comprovante para o e-mail: carmelojovemprovinciasaojose@gmail.com (com assunto: Comprovante do Congresso 2017).

Informações Gerais: (85) 9 9618.3412 (whatts) / (85) 9 8752.9352 - Wilderlânia Lima e por e-mail: carmelojovemprovinciasaojose@gmail.com (com assunto: Informações do Congresso 2017).

Forte e fraterno abraço,
Comissão de Jovens da OCDS.

Celebrando o 502° aniversário de Nascimento de Santa Teresa com o poema a Cruz

Vamos celebrar 28 de março   o 502 ° Aniversário de Santa  Teresa 
de Jesus




O mundo ganhou neste dia 28 de Março de 1515, uma das maiores personalidades ,das  mais brilhantes  cuja a fama atravessaria meio século  e cresceria a cada ano.  Mística, escritora, fundadora, doutora nada foi capaz de apagar o nome dessa Santa .Suas obras resistiram a chama  da Santa Inquisiçao, às incompreensões, às falsas acusações ,para enfim mostrar que seu pensamento estava à frente do seu tempo. Hoje doutores,filósofos,teólogos de todos os credos e áreas procuram suas obras para estuda-las e aprofundar-se.Em uma época que a mulher não tinha acesso aos livros Teresa burlou essa regra,vinha de uma família apreciadora de boa literatura,sua mãe,seu pai e seu tio amantes de bons livros tinham em casa vasta literatura .





Bastante culta procurava aconselhar-se com homens doutos ,sacerdotes cultos e ela mesmo diz :se tivesse virtudes melhor ainda ...E quando foi proibida de ler Jesus se tornou para ela Livro vivo.Mas sua obra é viva e embriaga  a todos não apenas por sua capacidade linguística mas pela experiência do mistério divino que a seduz e a embriaga.Tão humana e tão divina.
Ela é um dos maiores gênios, o próprio Santo Afonso de Ligório,grande doutor da Igreja, a escolheu para Patrona   e tantos outros santos tornaram-se seus filhos espirituais.
Grande devota da humanidade de Cristo,sua conversão se dá com a contemplação do Cristo dos belos olhos,atado á coluna.Nesta quaresma  compartilho o poema de Santa Teresa -a Cruz .



                                                   À Cruz
                                           (Poema XVIII)


Ó bandeira que amparaste
O fraco e o fizeste forte!
Ó vida da nossa morte,
Quão bem a ressuscitaste!
O Leão de Judá domaste,
Pois por ti perdeu a vida.
Sê bem-vinda, cruz querida.



Quem não te ama vive atado
E da liberdade alheio;
Quem te abraça sem receio
Não toma caminho errado.
Oh! ditoso o teu reinado,
Onde o mal não tem cabida!
Sê bem-vinda, cruz querida.



Do cativeiro do inferno,

Ó cruz, foste a liberdade;

Aos males da humanidade
Deste o remédio mais terno.

Deu-nos, por ti, Deus Eterno
Alegria sem medida.
Sê bem-vinda, cruz querida.

Santa Teresa de Jesus

Comunidades e grupos compartilham suas atividades nas redes sociai

Comunidade São José - Sete Lagoas/MG
 Recebeu neste final de semana as visitas do Delegado Provincial Frei Cléber,  Presidente Provincial Luciano
 e da Conselheira Ruth.
Comunidade Maria, Mãe e Rainha do Carmelo – Jabaquara/SP
Retiro preparatório para dois membros que iram professar as promessas
 temporárias e um que será Admitido.
Comunidade Santa Teresina - Sete Lagoas/MG
Admissão de alguns membros da Comunidade no decorrer da Santa Missa,
 presidida pelo Reverendíssimo Frei Cléber.
 Comunidade Santa Teresa e Santa Myriam Jesus Crucificado - Franca/SP
Reunião de formação com o tema :"
Perseverança na oração em Santa Teresa".
                        Grupo Nossa senhora do sorriso. Natal- RN
 Comunidade Santa Teresinha do Menino Jesus - Campinas/SP
Grupo Nossa Senhora do Carmo - Paulínia/SP

Visita do Exm°, e Revmo senhor Arcebispo Dom Airton José.

sexta-feira, 24 de março de 2017

Novo Grupo OCDS na Província São José: Grupo Virgem de Nazaré – Vitória, ES.

O Grupo Virgem de Nazaré deu início através de contato no e-mail da Comissão Vocacional de pessoas residentes em Vitória, Espírito Santo, com desejo de participar da OCDS.


O Grupo começou a se reunir no Convento das monjas em Cariacica, sob o acompanhamento da comissão vocacional. Após a visita em janeiro de 2017 da conselheira provincial Marisa Maria Ribeiro, começaram a estruturar o Grupo. 

No dia 05/03/17 escolheram um nome para Grupo: Virgem de Nazaré. 

"Ó Virgem de Nazaré, que saibamos em Sua Ordem sermos merecedores de honrar Vosso Nome" (Ronaldo). 

No dia 19/03/2017, fizeram eleição e foi eleito para presidente Márcio Luiz Rodrigues Dantas e para formador Bruno Lima.

"Que a Graça de Deus nos faça servos obedientes para sermos discípulos missionários de JESUS cumprindo fielmente a Santíssima vontade de Seu Pai a exemplo de Maria Nossa Mãe e tutora. Por Nosso Senhor JESUS CRISTO na unidade do ESPÍRITO SANTO, amém!" (Márcio)




Os atuais membros são:

Luiz Eduardo Júnior 
Márcio Luiz Rodrigues Dantas 
Bruno Lima
Jacyara Maria 
Ronaldo Amaral 

Os encontros acontecem quinzenalmente aos domingos às 8:30.

Que o Grupo Virgem de Nazaré seja bem-vindo à OCDS! 

            Marisa Ribeiro

quarta-feira, 22 de março de 2017

1°Lazer e Homenagem à São José da Comunidade Rainha do Carmelo, em 18/03/2017

 Nos encontramos na Ermida de São José, Carmelo Santa Teresinha, em Fortaleza-CE, para homenagear São José e comemorar os aniversariantes do 1° trimestre do ano.

 Iniciamos a Via Sacra em honra à São José, permanecendo em silêncio, em oração.
 Em cada estação da Via Sacra, rezamos a frase do cartaz em seguida do Pai Nosso, Ave Maria e o Glória.










 Presentes que recebemos.

 Em seguida, tivemos a visita de Dom Aldo Pagotto, que na oportunidade nos deu uma formação belíssima sobre São José.

 Sorteio de presentes e mensagens para os aniversariantes do trimestre, janeiro, fevereiro e março.
 Comemoração dos aniversariantes do trimestre.



Lembramos a todos o Congresso Norte/Nordeste que acontecerá de 15 a 18 de Junho de 2017: "O Carmelo é todo de Maria."
"São José, cuide da minha casa, cuide da minha família, cuide dos meus, porque o senhor soube cuidar, proteger e amar os Tesouros mais preciosos de Deus. O senhor foi o guardião da Sagrada Família, seja também o guardião da minha família!"
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...