segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Dos escritos de Santa Teresinha (MC 25r)


"Não tenho a coragem de sair buscando nos livros belas orações..."
..
"...isso me dá dor de cabeça... São tantas!..."

.

"... Então faço como as crianças que não sabem ler..."
.

"... Digo-Lhe muito simplesmente o que quero dizer..."
.

"...sem fazer belas frases..."
.

"... E Ele me entende sempre."
.

Da revista "Santa Teresa" - Verona - abril 2010

"NO CORAÇÃO DA IGREJA SEREI O AMOR"

"Ó JESUS ,MEU AMOR ,ENCONTREI AFINAL MINHA VOCAÇÃO :MINHA VOCAÇÃO É O AMOR.SIM ENCONTREI MEU LUGAR NA IGREJA ,TU ME DESTE ESTE LUGAR ,MEU DEUS.NO CORAÇÃO DA IGREJA ,MINHA MÃE ,EU SEREI O AMOR E DESSE MODO SEREI TUDO ,E MEU DESEJO SE REALIZARÁ."


 
QUE SANTA TERESINHA POSSA DERRAMAR UMA CHUVA DE ROSAS SOBRE TODOS NÓS NESTE DIA!!!


 
DAI-NOS SENHOR ,SEGUIR CONFIANTES O CAMINHO DE SANTA TERESINHA ,PARA QUE POR SUA INTERECESSÃO ,NOS SEJA REVELADA A VOSSA GLÓRIA.
 
UM BEIJO
MARIA EDUARDA

Entrevista al P. Antonio Mas sobre Santa Teresa y Las Moradas

domingo, 29 de setembro de 2013

O GÊNIO ESPIRITUAL DE TERESA DE LISIEUX


Leio nestes dias que antecedem a festa de Santa Teresinha o livro de Jean Guitton  O gênio de Santa Teresinha. Foi publicado em italiano em 1995 (Società Editrice Internazionale, Turim), pouco antes das celebrações do Centenário de sua morte e da proclamação de seu doutorado em 1997. Partilho com vocês algumas ideias chave deste livro. Penso nos ajudará a aproximar-nos de Teresa. Ela, por  sua vez, nos levará a amar Jesus e fazê-Lo amado. Sigo as citações de Teresinha conforme às do autor.
..........................................................
O fascínio que Teresa exerce sobre as pessoas  que após a sua morte entram em contato com seus escritos, faz com que a amem imediatamente. São atraídos pela sua doutrina simples e essencial, porque ela narra o que  vive, é transparente, verdadeira, humilde. Seu saber   vem  da Fonte do amor, na qual ela se imergiu. 
Sua  doutrina pode ser vislumbrada através de sete palavras ou ideias chaves.

O realismo na vida do dia a dia
 Não existe outra coisa a  fazer  na noite desta vida, a única noite que não retorna nunca mais: amar Jesus (Carta 74). A condição da vida presente é um dom inestimável quando vivida na fé em Deus. Partilha na fé Nele os acontecimentos diários, que podem ser  um relâmpago, a morte de alguém, etc., pois sabe que apesar de tudo, além das nuvens que encobrem o Sol durante a tempestade, estes acontecimentos  trazem momentos de perfeita alegria: a Luz do Astro Amado mostra-se  encoberta pela  fé neles.

A busca incessante da verdade
Jesus, ilumina-me; Tu o sabes, eu busco a verdade (MB 259).  Teresa gosta mais de escutar falar sobre  Maria SS.  em sua vida real, não naquela imaginária. Na Bíblia busca as passagens essenciais, tais como o Sl 22, Is 53, Jo 17, I Cor 12-13... sinal de uma busca da verdade profunda das coisas que não admitem os exageros imaginativos nas realidades da fé. “Parece-me que sempre busquei somente a Verdade”, dirá no final de sua breve vida.

O valor do sofrimento
O Bom Deus, que nos ama muito, sofre bastante em ter que nos deixar nesta terra para o período de prova, sem que nós corramos continuamente a dizer-lhe que estamos sofrendo; não devemos dar a impressão de que somos conscientes disso (Conselhos 58). O sofrimento em si mesmo não tem valor; somente em vista de um fim, pois o Deus cristão é amor eterno e sofre pelo nosso sofrimento. Se o permite, é como remédio para que nos reaproximemos Dele depois do mau uso de nossa liberdade, que nos levou ao pecado. Entender isto é ver à  luz da fé que as cruzes não são em si mesmas um valor; somente à luz da misericórdia divina que nos associa a Jesus em seu amor por nós, cumpridor pleno da vontade divina. Assim o amor a Jesus até a loucura faz com que se abandone como ele no cumprimento sem reservas da vontade do Pai sobre si mesmo (MA 325).

Passar o céu fazendo o bem na terra
Sim , quero passar meu Céu fazendo o bem sobre a terra (NV 17 julho). Seu desejo de não estar inativa e de trabalhar pela Igreja e pelas almas, brota de um amor que partilha os sofrimentos dos outros. É um meio para exercitar a caridade em relação aos outros. O céu é  a vivência em plenitude de todas as vocações às quais aspirou Teresa, agora sem os condicionamentos terrenos. O amor pelo próximo poderá então estender-se a todos os espaços, circunstâncias históricas e socorrer às necessidades da  missão da Igreja.

 Purgatório como crescimento no amor
Se eu for ao Purgatório, serei bem contente; aliás farei como os hebreus, mas circularei na fornalha cantando o cântico de amor (NV 7 agosto). Teresa vê que as penas do Purgatório são as de um amor sempre em crescimento, alegre, e que deve chegar a ser puro, livre da angustia de poder agir mal e de ser mau. É a espera da visão definitiva do Amor!

Prática das virtudes sem esforço
Eu (Teresa) lhe serei próxima, a segurar a tua mão para que possa colher esta palma gloriosa sem esforço (Carta 225). É o convite que nos faz Teresa a uma ascese continua no exercício de pequenas virtudes e de sacrifícios, sem esforços heroicos que exigiriam uma heroicidade gigante.

A eternidade no tempo: amor
Jesus não olha ao tempo, que no céu não existe mais (Carta 92); cada instante é uma eternidade, uma eternidade de alegria... (Carta 74).  As perguntas de  Teresa sobre o tempo a fazem escrever na Carta a Celina (n. 88) que “O tempo não é senão uma miragem, um sonho. Desde agora Jesus nos vê na glória e se alegra por nossa beatitude eterna”. A eternidade está presente no momento em que se vive no amor, porque Deus é amor. Por isso o tempo vivido nele é já eternidade quando age com todas as forças e suporta tudo com amor, com “as vestes manchadas de sangue” da batalha de viver o amor. Este “lança fora todo temor”.
Teresa deixou-nos na poesia Só por hoje estas reflexões sobre o tempo que foge e o amor que se vive no hoje da terra a fim de chegar um dia a cantar o louvor de Deu no eterno hoje.
..............................
Enfim, o autor  faz uma aproximação de Teresa de Lisieux com Elisabete da Trindade e com Edith Stein. Reflete sobre a Virgem  Maria em S. Teresinha, sobre o protestantismo e a vida eterna, mostrando ao final que a santidade é possível a todos... justamente porque em Teresa não existe nada de extraordinário, como a música de Elisabete ou a ciência acadêmica de Edith. Teresa vive em profundidade o amor nos atos corriqueiros do dia a dia. Por isso ela é tão cativante!
Fr. Alzinir

Roma, 29 de setembro de 2013

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

PARABÉNS DOM SEVILHA!!!


NOSSOS ABRAÇOS NESTE DIA !!!


AGRADECEMOS POR NOS TER CATIVADO !!!


COM NOSSAS ORAÇÕES SEGUEM ESTAS ROSAS PEDINDO QUE O SENHOR PERFUME SUA VIDA E MISSÃO!!!



COM CARINHO E AMIZADE
MARIA EDUARDA


quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Santa Teresinha do Menino Jesus, Padroeira da Juventude


“Com amor não somente avanço, mas, voo”!
Santa Teresa do Menino Jesus e da Sagrada Face, Santa Teresinha, a “Santa das Rosas”, Padroeira Universal das Missões Católicas, Doutora da Igreja... São muitos os títulos atribuídos à nossa querida santa. Hoje, pensaremos um pouco em outro título que ela possui: Padroeira da Juventude.
Por que Santa Teresinha é padroeira dos jovens? Será porque morreu jovem, com apenas 24 anos? Também. Porém, foram muitos os santos e santas que morreram bem jovens. Alguns morreram ainda crianças e adolescentes, no entanto, a Igreja não os nomeou “padroeiros” da juventude. Por que isso aconteceu com Santa Teresinha? Por que ela é tão especial?
É claro que se nossa querida santa tivesse morrido com 30 ou com 40 anos, já não seria tão “jovem” assim. Porém, muito mais do que pelo fato de ter morrido aos 24 anos, Santa Teresinha é modelo para os jovens pelo fato de ter vivido plenamente, dentro do plano de Deus em sua vida, todo o vigor de sua juventude em união com Deus.  
Foi uma criança, adolescente e jovem muito feliz. Amava a Deus, amava seus pais, suas irmãs, a Igreja e o mundo inteiro! Tudo que fazia era por amor, por isso, era tão feliz! Seu coração abriu-se ao amor pleno, ao amor vivo, que se doa a Deus, à Igreja e ao mundo.
Deus tem especial carinho pelas crianças e pelos jovens. Como Deus ama vocês, crianças e jovens! Ele coloca em vocês tanto carinho, tanta esperança! Somente vocês podem mudar o mundo como ele está: cheio de tristezas, violência, brigas e confusão. Como é lindo um rapaz e uma moça cheios de Deus! Como eles brilham! Tornam o mundo tão lindo, tão belo! A bondade de um jovem e de uma jovem expulsa o mal do mundo!
Assim foi Santa Teresinha: uma jovem que expulsou o mal de sua vida, que abraçou o bem, que viveu o bem! Por isso que, ainda hoje, é tão amada e tão querida por nós e no mundo inteiro!
Uma vez Santa Teresinha disse: “Não quero ser uma santa pela metade” (MA 10v). Sim! Ser um jovem santo ou uma jovem santa é ser jovem por inteiro, sem estar faltando nada. Um jovem no pecado não é um jovem inteiro: é um jovem “com defeito”, faltando alguma coisa...
Rezemos para que Santa Teresinha ilumine a vida de cada criança, de cada adolescente, de cada rapaz e de cada moça, especialmente os de nossa família, e que nós amamos tanto! Que encontrem a Deus em suas vidas! Que sejam felizes, muito felizes! Que a felicidade deles se espalhe pelo mundo contagiando cada vez mais jovens e levando a todos a paz e a alegria que somente Deus pode nos dar.


Giovani Carvalho Mendes, carmelita descalço secular
Comunidade Rainha do Carmelo, de Fortaleza - Ceará

terça-feira, 24 de setembro de 2013

ACONTECEU! I Encontro Provincial OCDS da Provincia Nossa Senhora do Carmo. Brasil, SUL

FOI UM ENCONTRO ABENÇOADO E NOSSA PROVÍNCIA DO SUDESTE , AGRADECE A CONFIANÇA DE PODER PARTICIPAR JUNTO DESDE SONHO REALIZADO NO  I ENCONTRO PROVINCIAL OCDS DO SUL.

TAMBÉM LOUVAMOS A DEUS E AGRADECEMOS A NOSSA SENHORA DO CARMO E SANTA TERESA , JUNTO COM OS SANTOS DO CARMELO POR TODAS AS GRAÇAS E BENÇÃOS DERRAMADAS NESTE ENCONTRO.
CONTEM SEMPRE COM NOSSA AMIZADE FRATERNA, DISPONIBILIDADE  E ORAÇÕES

NESTE POST VÃO AS PRIMEIRAS FOTOS!


COM O TEMA A VOCAÇÃO AO CARMELO SECULAR

FOTO OFICIAL COM TODOS OS PARTICIPANTES E
OS FRADES PROVINCIAL: ARI SOUZA OCD E DELEGADO FREI DAVI , FREI MARCOS BIOLOZOR 



SIDNEI, LARISSA, CECILIA  E ALEX NO VIOLÃO

A INFÂNCIA CARMELITANA

A JUVENTUDE -BERÇARIO CARMELITANA

RAFAEL E ROSE

DENISE E FREI ARI

PALESTRA FREI DAVI

SIDNEI, E OS PARTICIPANTES DO ENCONTRO

O Provincial frei Ari Souza, Maria Luiza, Denise, frei Xavier e Rose Lemos Piotto no I CONGRESSO OSCD DA PROVINCIA CARMELITA DESCALÇA SUL BRASIL

SANTA TERESINHA DO MENINO JESUS , NA IGREJA DE PORTO ALEGRE

NOSSA PEREGRINAÇÃO EM 2015


VOCÊ JÁ SE ANIMOU PARA SE INSCREVER PARA NOSSA PEREGRINAÇÃO?
SERÃO DIAS ABENÇOADOS,ONDE ESTAREMOS COMEMORANDO JUNTOS ESTA DATA IMPORTANTE PARA NÓS CARMELITAS!!
SE DEUS PERMITIR,ESTAREMOS SAINDO DIA 8 DE JULHO DE 2015.
PODE-SE PAGAR EM SUAVES PRESTAÇÕES PELO BOLETO BANCÁRIO OU DE OUTRA FORMA QUE VOCÊ COMBINAR COM A OBRA DE MARIA.
TELEFONE PARA (81)30814749 E SE INFORME CITANDO "PEREGRINAÇÃO DOS CARMELITAS"

CONTAMOS COM SUA PRECIOSA AJUDA NA DIVULGAÇÃO EM SUAS PARÓQUIAS E COMUNIDADES.
                BEIJOS COM CARINHO
                  MARIA EDUARDA


quinta-feira, 19 de setembro de 2013

RETIRO DA COMUNIDADE SANTA TERESA E BEATA MYRIAM EM FRANCA FOI COM MUITA ALEGRIA QUE NOSSA COMUNIDADE PARTICIPOU DE UM RETIRO NOS DIAS 13,14 E 15 DE SETEMBRO CUJO TEMA FOI A CENTRALIDADE DE JESUS CRISTO. FREI WILSON NOS PRESENTEOU COM REFLEXÕES QUE NOS AJUDARAM A REPENSAR QUAL A NOSSA RELAÇÃO E AMIZADE COM CRISTO E TAMBÉM COMO ESTÁ NOSSO RELACIONAMENTO COMUNITÁRIO E QUAL O VALOR DA COMUNIDADE PARA NÓS. FOI UM RETIRO DE SILÊNCIO, TRANQUILO ONDE TIVEMOS TEMPO DE NOS EXERCITARMOS, REZARMOS E REFLETIRMOS SOBRE NOSSA CAMINHADA CRISTÃ. REFLETIMOS SOBRE A CENTRALIDADE DE JESUS NA VIDA DOS SANTOS, PRINCIPALMENTE NA VIDA DA SANTA MADRE SANTA TERESA E DO SANTO PADRE SÃO JOÃO DA CRUZ E QUE NÃO TEM JEITO DE SER SANTO SE NÃO COLOCARMOS TAMBÉM JESUS COMO CENTRO DE NOSSA VIDA. NÃO É FÁCIL, POR ISSO A NECESSIDADE DE IRMOS PARA ACADEMIA A FIM DE EXERCITARMOS, NAS ACADEMIAS DO AMOR, ACADEMIA DE ORAÇÃO E ACADEMIA DA CRUZ DE CADA DIA. OBRIGADA FREI WILSON
, OBRIGADA POR TUDO!

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

RETIRO ESPIRITUAL DA COMUNIDADE SANTA TERESINHA E SANTO ELISEU - OCDS DE BRASÍLIA-DF


Retiro espiritual da Ordem Secular de Brasília, Distrito Federal.

 
 Sala de palestras

Descalçar-te! Esse foi o tema do retiro da OCDS de Brasília, Comunidade Santa Teresinha e Santo Eliseu, nos dias 14 e 15 de setembro de 2013 no Convento Beata Elisabeth da Trindade, dos freis carmelitas em Brasília. 

 
 Fr. Claudiano - Missa de abertura

Descalçar-te! Esse foi o tema do retiro da OCDS de Brasília, Comunidade Santa Teresinha e Santo Eliseu, nos dias 14 e 15 de setembro de 2013 no Convento Beata Elisabeth da Trindade, dos freis carmelitas em Brasília. 


O retiro foi conduzido pelo Frei Claudiano e contou com a participação dos membros das Comunidades de Trindade e Goiânia. O tema foi abordado com muita sabedoria pelo Frei que ressaltou a importância de nos descalçarmos e seguirmos o caminho do nada rumo ao Amado Jesus.
No início houve uma explanação do texto bíblico da sarça ardente com enfoque no significado de "tirar as sandálias". Trata-se de um processo doloroso vivenciado em meio às noites escuras (São João da Cruz). Depois a "oração" foi objeto de reflexão, principalmente, na perspectiva do olhar místico. 


No sábado à noite, um momento sublime com a adoração ao Santíssimo na Capela, onde a serenidade e o silêncio foram vivenciados numa dimensão de intimidade com o Senhor. 



Ao final do retiro, o Frei explicou e relacionou as tentações que sofremos com as armas necessárias para combate-las: os votos e as virtudes teologais. 



É importante ressaltar que o retiro contou com o auxílio dos postulantes Guilherme, Raimundo e Vitor que se despojaram no serviço, com humildade e dedicação. Tudo estava arrumado, organizado e pronto para nos receber. 


                                                           Esq. Vitor, fr. Claudiano, Raimundo e Guilherme

 
momento Mariano

Também organizaram e conduziram um momento Mariano com um terço ao ar livre, ao lado da lagoa, no entardecer do dia 14. Certamente, esse momento ficou gravado em nossa memória. 

 
 Irmãos voluntários que doaram seus serviços na cozinha:

Contamos também com a presença de uma equipe de cozinha da Paróquia São Vicente da cidade satélite de Planaltina (Daniel e Teinha, Alan e Raimunda, Ana Lúcia e Bárbara) que com simplicidade e carinho prepararam as refeições. Deixamos aqui nosso reconhecimento e gratidão.  
 Enfim, o retiro foi de grande valia para nossa Comunidade, gostaríamos de agradecer a cada um que colaborou para sua realização, sobretudo, ao Frei Claudiano pelos ensinamentos transmitidos com tanta eloquência, entusiasmo e propriedade. Aos poucos, nossa Comunidade vai trilhando o caminho da subida ao Monte Carmelo, descobrindo a beleza de pertencer a Fraternidade e a verdadeira essência de ser carmelita descalço no mundo contemporâneo.




Para nossas irmãs monjas, na pessoa da priora Ir.Maria Madalena, nossos agradecimentos pelos lindos cartazes que fizeram para nós, com os quais identificamos os quartos; Deus vos pague.
 
 Animador litúrgico - postulante Guilherme
 Aniversariante do dia - Lindinalva
 Refeitório
  
 Missa 2º dia - Freis Claudiano e Normandio
 
 
 
 
Concentração para momento Mariano 
Procissão para momento Mariano - Lindo!
 
 
 
 
 
 Carmelitas de Trindade
 
show no recreio
e o show continua
 a traz das grades
dança peruana
poesia de "João da Cruz"
os tenores
bailarinos


meditação

foto oficial
Texto: Graciele e Sousa
Fotos: Sousa, Marcio e Marcio Pedro


--
Postado por Sousa,ocds no Blog da OCDS de Brasília-DF em 9/17/2013 12:55:00 PM

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...