terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Comunicado de Fr. Camilo Maccise

 
México, D.F a 28 de febrero de 2012

Queridos hermanos y hermanas:
Les escribo para decirles que el cáncer sigue avanzando. No sé si duraré pocos o muchos días, o más tiempo, pero el fin se está acercando. Dios me regala con su paz, fruto de tantas oraciones. Cuando el Señor me lleve los tendré muy presentes, hasta que nos reunamos en la plenitud de la vida. Que el Señor nos acompañe en el cumplimiento de la misión que les ha encomendado. Sigan pidiendo por mi.

Fr. Camilo Maccise, OCD

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Comissão de Formação da OCDS organiza encontro


A Comissão de Formação da Ordem Secular do Carmelo Descalço, tendo como participantes Rose, Maria Aparecida, Carmelita, Maria Izabel, Fernando, Tonini, José Eduardo, Daniel, além dos dois delegados Provinciais para OCDS, freis Fabiano e Wilson e o Conselheiro Provincial responsável pela Comissão de Formação, Adriano Carlos, se reuniram no final de semana 25 e 26 de fevereiro, no Convento Santa Teresa, em Belo Horizonte para ultimar os preparativos para o XIV encontro de Presidentes, encarregados de formação e conselheiros das comunidades e grupos da OCDS da Província do Sudeste, a acontecer entre os dias 28 de abril e primeiro de maio de 2012, na casa de retiros Recanto São José, das Franciscanas Alcantarinas.
Vamos nos preparar para participarmos!








quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Como Deus me chamou ao Carmelo - Mari Elza (OCDS de Campinas-SP)

Lembro que desde o tempo dos primeiros anos de escola, no Colégio Puríssimo Coração de Maria, em minha cidade natal, sempre rezei com muita fé, na intercessão de Nossa Senhora. Sempre via minha mãe rezar o Terço todos os dias, de joelhos e antes de dormir me perguntava se já rezara. Em casa, eram esse poucos e profundos momentos de oração. Através da escola freqüentava Missas e momentos de reflexão.

Enquanto namorávamos, eu e meu hoje marido, participávamos de um Grupo de Jovens, comum nas Paróquias, até o nosso casamento. Fizemos o TLC, Treinamento de Liderança Cristã. Vieram os filhos e seguíamos a nossa vida de família cristã, quando uma tragédia se abateu na família, com a morte de uma cunhada, de forma violenta. A morte me fez refletir uma série de pontos “mornos” na minha vida e me levou a me aprofundar na Palavra, lendo com atenção e tomando cada vez mais gosto.

Certa vez, buscando um livro numa livraria católica me deparo com o Livro, Vida de Santa Teresa, fiquei surpresa ao ler que ela mesma escrevera o livro, que ignorância a minha, confesso, até então nunca tinha ouvido que uma Santa tivesse escrito um livro de próprio punho..., como as irmãs do colégio deixaram de falar ou como eu não as ouvi, que existiam livros escritos por Santos. Bebi, literalmente bebi, li e reli as suas palavras, com muita sede. Li depois, Caminho de Perfeição e Moradas.

No trabalho, meu marido, ouviu sobre um Convento de Irmãs Carmelitas na cidade onde moro e mais uma vez me surpreendi, pois até então, não imaginava que havia na cidade tal Convento. Buscamos saber onde e sobre horários de Missa, e lá estávamos num domingo pela manhã.

Eu estava feliz, filhas de Santa Teresa e tão pertinho de casa. Nessa Missa foi anunciado que no domingo seguinte, dia da solenidade de Nossa Senhora do Carmo, seria imposto o ES..., não recordava aquela nova palavra, que nome era aquele, perguntava eu ao meu marido. E de repente lembrei, veio claro na memória, ESCAPULÁRIO. Não sabia do que se tratava, mas lá estava eu, na fila para receber a imposição do Escapulário e logo depois o convite para ingressar na OCDS que se iniciava naquele Carmelo. Aí, entendi tudo. Foi ou não foi um chamados

Mari Elza de Santa Madre Teresa de Jesus, ocds
Comunidade Santa Teresinha do Menino Jesus - Campinas-SP

Traduzirão ao Árabe as obras de Santa Teresa de Jesus

Reunião dos Superiores Maiores Carmelitas no Oriente Médio

CAIRO, quinta-feira 23 fevereiro de 2012 (ZENIT.org) -.

Aspectos específicos da realidade do Carmelo teresiano no Oriente Médio, o documento do Definitório Geral de Ariccia e algumas propostas para o V Centenário do nascimento de Santa Teresa de Jesus, que se celebrará em 2015, foram os temas de trabalho da reunião de superiores maiores Carmelitas no Egito.


 
O padre Patricio Sciadini, delegado geral do Egito; o padre Makhoul Fahra, provincial do Líbano; e o padre Milton Moulthon, delegado geral de Israel, reuniram-se em janeiro no Cairo para participar da reunião de Superiores Mariores do Oriente Médio, relata o site da cúria carmelita.

Depois de apresentar algumas realidades concretas e problemáticas vivenciadas pelo Carmelo teresiano nesta região que engloba várias culturas e religiões, os superiores abordaram em primeiro lugar a situação dos candidatos a carmelitas descalços e a necessidade de prestar atenção aos processos de formação inicial, o acompanhamento vocacional e a formação acadêmica e cultural dos candidatos.

Entre os temas discutidos na reunião, os superiores da região do Oriente Médio desenharam algumas iniciativas e propostas para a celebração do V Centenário do nascimento de Santa Teresa de Jesus. Entre estas iniciativas levantou-se a possibilidade de planejar colóquios e congressos no Centro Carmelita de Espiritualidade do Líbano, e a tradução das obras completas de Santa Teresa de Jesus para o árabe.

[Tradução Thácio Siqueira]

RETIRO OCDS MOCOCA-SP

RETIRO ESPIRITUAL
GRUPO SANTA TERESINHA DO MENINO JESUS
e DA SAGRADA FACE

Mococa/SP



Neste último 28/01/2012 foi realizado em Mococa-SP o retiro na OCDS Santa Teresinha, com participação da Comunidade São João da Cruz de São João da Boa Vista/SP, representadas por: Damaris, Lourdes e Julieta, onde foram aprofundados os temas:


1º - A vocação do Carmelita Secular
2º - Santa Teresa, mãe e mestra
3º - Jesus, Palavra definitiva


Presidido por Frei Fabiano, com seu grande amor e vocação, nos deixou a certeza que só consigo traduzir e expressar com o fragmento desta linda poesia:

No Carmelo, Jesus, quero viver
Porquanto Teu amor me chamou a este Oasis.

Aqui (bis) quero seguir-Te,
Amar-te, amar-te e morrer...
Aqui Te quero seguir
Ah, sim, somente aqui!...

Santa Teresinha do Menino Jesus
e da Sagrada Face
Poesia 21


quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

UM PASTORINHO SÓ, ESTÁ PENANDO...


O...
Iniciamos o Tempo da Quaresma. Tempo intenso para centrar a vida em Deus, que em Jesus Crucificado – o Pastorinho – sofre pelo abandono e ausência da amada – a pessoa. Quaresma é tempo de crescer vivendo em gratuidade, em serviço e em maior vigilância no serviço da caridade. Tempo de acolhida do amor Daquele que nos amou por primeiro, e pelo amor deixou-se crucificar por nós, a fim de nos tornar participantes de sua vida divina, correspondendo a este Amor, que “é a saúde da pessoa”.
Qual o caminho a seguir, senão o Caminho que é Jesus, cuja vida é modelo para a vida de cada cristão? É nesta direção que João da Cruz (1542-1591)  nos ajuda. Por isso gostaria de lembrar  algo de seus escritos sobre as paixões ou afeições da alma, pois uma vez bem organizadas, servem de impulso ao centramento da pessoa em Deus. Detenho-me sobretudo no capítulo 17  do terceiro livro da Subida do Monte Carmelo (Pode ser muito proveitoso neste tempo quaresmal reler os restantes capítulos desta mesma obra para um discernimento aprofundado e uma progressiva libertação dos impedimentos e obstáculos à vida nova que o Batismo nos concedeu).
As paixões ou afeições da alma ou pessoa são: gozo, esperança, dor e temor. Quando não conduzidas conforme a razão e a vontade, governadas pela caridade, enfraquecem a pessoa, causando a dispersão, assim como a água derramada que não tem força para gerar energia. Quando conduzidas conforme a vontade, no desejo de amar como Jesus, geram força, como a água canalizada que gera energia; unificam e centram a pessoa no único necessário, que é o amor de Deus, “pois fora de Deus tudo é apertado”.
Tal acontece quando a pessoa alegra-se (gozo) só em Deus, só espera em Deus, só lhe i o que não é Deus, só teme o que não agrada a Deus. Com isso vai-se fortalecendo a união com Deus  e  a vontade humana vai sendo transformada em vontade divina.
Não é raro encontrar quem busque a satisfação de forma ativa e voluntária, nos bens – inclusive os espirituais - e não em a Deus. Isto ocasiona a desarmonia e a perda da dignidade de pessoa; ela torna-se escrava dos vícios e imperfeições. Para ajudar e dar remédio, o santo vai analisando nos capítulos 17 e seguintes do 3 Livro da Subida do Monte Carmelo, seis tipos de coisas ou bens nos quais a pessoa pode colocar seu prazer, o que a faz deter-se no caminho espiritual, ou mesmo virar as costas para Deus.  São eles:  bens temporais, naturais, sensitivos, morais, sobrenaturais e espirituais.
 Ele define cada um deles, enumera os danos e consequências negativas que advém ao colocar sua alegria ou gozo neles e, por fim, também enumera os frutos ou proveitos concedidos à pessoa ao renunciar colocar sua alegria neles, transcendendo-os para ir a  Deus que é sua fonte, gerando a paz e as  virtudes.
Em todo este processo de ascese e de luta, o fundamento e suporte no caminho, a luz  a seguir e que  vai conduzir e orientar a ter o gozo e a alegria só em Deus é: “a vontade deve gozar-se somente naquilo que é a honra e a glória de Deus; e a maior honra podemos dar-Lhe é servi-Lo segundo a perfeição do Evangelho. Tudo o que está fora disso não tem nenhum valor e proveito para a pessoa” (3 Subida 17,2).
Que a Quaresma seja um tempo de profunda experiência da “Vida em abundância” na comunhão com o Pastorinho que por amor a cada um está só, penando.....


 Fr. Alzinir ,  ocd

.

FELIZ ANIVERSARIO LUCIANO E FERNANDO

 
DEUS OS ABENÇOE E CUBRA DE BENÇÃOS !
AGRADECEMOS TODA DOAÇÃO QUE TEM FEITO AO CARMELO NESTES ANOS DE CAMINHADA!

COM NOSSO CARINHO E ORAÇÕES ,
OCDS

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Abertura da Campanha da Fraternidade 2012


"Fraternidade e saúde pública"

ROMA, terça-feira, 21 de fevereiro de 2012(ZENIT.org) – O inicio da Quaresma abre a Campanha da Fraternidade no Brasil. O tema proposto para a Campanha deste ano é  “Fraternidade e Saúde Pública” e o lema “Que a saúde se difunda sobre a terra”, tirado do livro do Eclesiástico.
***
A Quaresma é o tempo em que a liturgia da Igreja convida os fiéis a se prepararem para a Páscoa, mediante a conversão, com práticas de oração, jejum e esmola. E é justamente na Quarta-Feira de Cinzas, que acontece um dos principais eventos da Igreja Católica no Brasil, o lançamento da Campanha da Fraternidade.
O primeiro movimento regional, que foi uma espécie de embrião para a criação do atual modelo da “Campanha da Fraternidade”, foi realizado na cidade de Natal em 1962, por iniciativa do então Administrador Apostólico da cidade de Natal, dom Eugênio de Araújo Sales, Heitor de Araújo Sales e de Otto Santana. Esta campanha tinha como objetivo fazer “uma coleta em favor das obras sociais e apostólicas da arquidiocese, aos moldes de campanhas promovidas pela instituição alemã Misereor”, explicou dom Eugênio Sales, em entrevista a arquidiocese de Natal, em 2009.
Em 1963, envolvidos pelo Concílio Vaticano II, os bispos brasileiros fizeram o lançamento do Projeto da Campanha da Fraternidade para todo o Brasil. Dessa forma, na Quaresma de 1964 foi realizada a primeira Campanha em âmbito nacional.
A Campanha da Fraternidade está na sua 49ª edição, e seu principal objetivo é despertar a solidariedade das pessoas em relação a um problema concreto que envolve a sociedade brasileira, buscando caminhos e apontando soluções; mobilizando todas as comunidades católicas do país e procurando envolver outros segmentos da sociedade no debate do tema escolhido. 
O texto base da CF-2012 foi dividido em três partes: a fraternidade e a saúde pública; que a saúde se difunda sobre a terra; Indicações para a ação transformadora no mundo da saúde.
O objetivo geral, citado no texto, é refletir sobre a realidade da saúde no Brasil em vista de uma vida saudável, suscitando o espírito fraterno e comunitário das pessoas na atenção aos enfermos e mobilizar por melhoria no sistema público de saúde.
Dentre os objetivos específicos se destaca: o disseminar o conceito de bem viver e sensibilizar para a prática de hábitos de vida saudável; o alerta para a importância da organização da pastoral da Saúde nas comunidades: criar onde não existe, fortalecer onde está incipiente e dinamizá-la onde ela já existe, entre outros. 
O secretário geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Leonardo Ulrich Steiner, abrirá, na quarta-feira de Cinzas, 22, às 14h, na sede da Conferência, em Brasília (DF), a Campanha da Fraternidade-2012. O ministro da saúde, Alexandre Rocha Santos Padilha, confirmou sua presença.
Maria Emília Marega

QUARESMA -TEMPO DE ORAÇÃO E CONVERSÃO!!!!!


QUARESMA ,A PALAVRA VEM DO LATIM  QUADRAGÉSIMA E É UTILIZADA PARA DESIGNAR O PERÍODO DE 40 DIAS QUE ANTECEDEM A FESTA ÁPICE DO CRISTIANISMO : A RESSURREIÇÃO DE JESUS COMEMORADA NO DOMINGO DA PÁSCOA.
ESTA PRÁTICA VEM DESDE SÉCULO IV.


INICIAMOS COM QUARTA FEIRA DE CINZAS  ,O TEMPO DA QUARESMA QUE TERMINA NA QUINTA FEIRA SANTA (ATÉ A MISSA DA CEIA DO SENHOR ) NA SEMANA SANTA .
ESTE PERÍODO É RESERVADO PARA REFLEXÃO E CONVERSÃO E CADA UM DE NÓS DEVE SE APROXIMAR DO SENHOR BUSCANDO UM CRESCIMENTO ESPIRITUAL.


NESTE TEMPO PRIVILEGIADO SOMOS AJUDADOS PELA CAMPANHA DA FRATERNIDADE QUE TEM NESTE ANO O TEMA "FRATERNIDADE E SAÚDE PÚBLICA" E O LEMA "QUE A SAÚDE SE DIFUNDA SOBRE A TERRA" TIRADO DO LIVRO DO ECLESIÁSTICO.
SEU OBJETIVO É DESPERTAR A SOLIDARIEDADE DAS PESSOAS EM RELAÇÃO A UM PROBLEMA CONCRETO QUE ENVOLVE A SOCIEDADE BRASILEIRA ,BUSCANDO CAMINHOS E APRESENTANDO SOLUÇÕES.
OS LIVRINHOS (TEXTO BASE ETC) QUE SE ESPALHAM POR TODAS AS DIOCESES, AJUDAM -NOS A REALIZÁ-LA COM MAIS PROVEITO, PREPARANDO-NOS ESPIRITUAL E COMUNITARIAMENTE PARA CELEBRAÇÃO DA PÁSCOA. 



ESTE PERÍODO   DEVE SER COMO UM RETIRO ESPIRITUAL ,VOLTADO PARA  REFLEXÃO,  ONDE DEVEMOS NOS RECOLHER EM ORAÇÃO E PENITÊNCIA COMO PREPARAÇÃO PARA ACOLHER O CRISTO VIVO E RESSUSCITADO NO DOMINGO DA PÁSCOA.



A IGREJA NOS PROPÕE TRÊS GRANDES  LINHAS  DE AÇÃO :A ORAÇÃO ,A PENITÊNCIA E A CARIDADE.




PAPA BENTO XVI NOS CONVIDA NESTE PERÍODO "A REFLETIR, MAIS UMA VEZ , SOBRE O CERNE DA VIDA CRISTÃ :O AMOR.

COM EFEITO ,ESTE É UM TEMPO PROPÍCIO PARA RENOVARMOS ,COM A AJUDA DA PALAVRA DE DEUS E DOS SACRAMENTOS ,O NOSSO CAMINHO ESPIRITUAL E COMUNITÁRIO DE FÉ.TRATA-SE DE UM PERCURSO MARCADO PELA ORAÇÃO E A PARTILHA ,PELO SILÊNCIO E O JEJUM,COM A ESPERANÇA DE VIVER A ALEGRIA PASCAL"
O PAPA DEIXA-NOS UM BREVE TEXTO BÍBLICO TIRADO DA CARTA AOS HEBREUS:
"PRESTEMOS ATENÇÃO UNS AOS OUTROS ,PARA NOS ESTIMULARMOS AO AMOR E PARA BOAS OBRAS"(10,24)



A EXEMPLO DE NOSSOS SANTOS CARMELITAS, OLHEMOS PARA O SENHOR QUE NOS CONDUZIRÁ PARA UMA VIDA NOVA COMO PESSOAS RESSUSCITADAS REALMENTE!!


UMA SANTA QUARESMA PARA TODOS VOCÊS MEUS IRMÃOS E IRMÃS QUERIDO(AS)

MARIA EDUARDA




















domingo, 19 de fevereiro de 2012

PARABÉNS !!!!!FELICIDADES!!!!!

AOS NOSSOS IRMÃOS E IRMÃS ANIVERSARIANTES DO MÊS DE FEVEREIRO ,AOS NOSSOS QUERIDOS CONSELHEIROS ADRIANO,CIDINHA E LUCIANO   QUE TANTO NOS AJUDAM NA CAMINHADA ,DESEJAMOS UMA CHUVA DE BENÇÃOS E QUE O SENHOR ILUMINE SUAS VIDAS!!!!
O MEU CARINHO E DE TODA OCDS 


MARIA EDUARDA

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

PARTILHA Sobre Planejamento


Meus queridos irmãos e irmãs,
Li em nosso blog, alguma coisa sobre Planejamento e como foi um assunto tratado em um Encontro de Formação (Jundiaí) do qual participei como membro da comissão, resolvi partilhar alguma coisa de uma pesquisa sobre o assunto.
Após diagnóstico sobre as necessidades mais urgentes de cada comunidade, Planejar é importante para:
Ø ­ Fazer história (é um documento).
Ø Equilibrar oração, apostolado, formação, lazer.
Ø Evitar improvisações.
Ø Evitar dissabores como reclamações, negligências, descontentamento, intrigas, omissões, etc.
Ø Tomar decisões com co-responsabilidade – Assumir responsabilidades
Ø Fazer crescer, dar oportunidades.
Ø Colocar a riqueza dos dons à serviço da comunidade – socializar os dons.
Ø Cultivar o respeito mútuo.
Ø Não sufocar o desabrochar criativo.
Ø Sair do eu para o nós.
Ø Superar as dificuldades na aceitação recíproca.
Ø Ser comunidade em formação contínua.
Ø Enriquecer através de visões diferentes.
Ø Valorizar os últimos.
Ø Exercitar a Obediência – Sim ao Plano de Deus que confiou a uma comunidade uma tarefa especial.
* Confiar nos superiores.
       *Todos juntos para realizar a vontade de Deus. (Que Ele brilhe!)
        
Ø Exercitar a Pobreza – Humildade, Simplicidade, reconhecer os dons dos outros, valorizar os últimos, valorizar o sacrifício oculto (próprio e dos outros).
Ø Exercitar a Castidade – Disponibilidade para amar a todos com o amor de Cristo. Amor desinteressado, livre e libertador.
    Se o Planejamento não nos levar a alcançar estes objetivos, não servirá para nada.


Bibliografia: 
  • A vida fraterna em comunidade.
  • Constituições da OCDS

Partir de Cristo: um renovado compromisso da vida consagrada no terceiro milênio

Vale a pena consultar um artigo sobre o assunto no livro: ENCONTROS DE PRESIDENTES, FORMADORES E CONSELHEIROS OCDS. 1999-2007

Um grande abraço a todos, com carinho,
Lourdinha Pimenta – Comunidade Santa Teresinha do Menino Jesus de Passos

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

ATUALIZAÇÃO DE ENDEREÇO DE COMUNIDADE OCDS


Pedimos que as Comunidades OCDS, que tiveram eleições de MARÇO DE 2011 ATÉ FEVEREIRO DE 2012, enviem o novo endereço de contato do ATUAL Presidente de sua Comunidade com URGÊNCIA, PARA ATUALIZAÇÃO DE CADASTRO.
Para os seguintes endereços abaixo:
Elisa- elisaocds@hotmail.com

Izabel Sales:  -  
email:     salles.izabel@gmail.com




ou via correio: Rua Engenheiro Antonio Guerra, 192 - Atº 304
João Pinheiro - Belo Horizonte  - CEP - 30530-230

ou via telefone:      0xx-31-9655 41 60

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Carmelita Secular de Portugal lança livro pelas Edições Carmelo


Caros amigos e Irmãos no Carmelo,
Pax Christi!
 Venho comunicar-lhes que acabou de ser publicado o meu novo livro, pelas Edições Carmelo, com o título "Pedi e receberei". Trata-se do Evangelho de São Lucas, meditado e rezado. Uma obra simples que pretende ser um convite a que todos possam, nas suas vidas, fazer a experiência da Lectio Divina. O prefácio foi, amavelmente, escrito pelo Sr. D. Manuel Martins, Bispo Emérito de Setúbal, meu amigo.
Peço-lhes a caridade de o divulgarem entre todos os vossos conhecidos e amigos para que a Palavra de Deus possa chegar a um maior número de pessoas. Espero, também, que se animem a adquiri-lo, mas, sobretudo, a lê-lo e que seja de grande proveito para todos. (consultar http://www.carmelo.pt/).

Saudações fraternas.

Vosso em Jesus,

António José Gomes Machado, ocds

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

PLANO DE FORMAÇÃO




Queridos Formadores e Presidentes das COMUNIDADES OCDS 

refaço aqui o pedido de nossa Presidente Provincial Maria Eduarda
de que ENVIEM o Plano de Formação Anual ou Semestral de sua Comunidade, para que possamos trabalhar neles em tempo de nosso XIV   ENCONTRO DE PRESIDENTES, ENCARREGADOS DE FORMAÇÃO E CONSELHEIROS , em abril.

Para os emails.:

Maria Eduarda-eduardacarmelita@gmail.com
Rose Piotto- roselpiotto@gmail.com

Estamos aguardando!!

Rose Piotto, pela Comissão de Formação ocds
.

domingo, 12 de fevereiro de 2012

Comentário do evangelho de hoje feito por






Santa Teresa d'Ávila (1515-1582), carmelita, doutora da Igreja- Livro da Vida, escrita pela própria, cap. 25

 «Se quiseres, podes»

Meu terno mestre, sois efectivamente o verdadeiro amigo! Sendo todo-poderoso, tudo o que quereis podeis. E nunca deixais de querer, para quem Vos ama. Tudo o que há no mundo Vos louve, Senhor! Como fazer ecoar a minha voz por todo o universo, para anunciar como sois fiel aos Vossos
amigos? Todas as criaturas podem faltar-nos: Vós, que sois o senhor de todas elas, nunca nos faltareis. 


Aqueles que Vos amam não sofrem durante muito tempo! Ó meu mestre, que  delicadeza, que atenção, que ternura demonstrais para com eles! Sim, feliz daquele que nunca deixou de Vos amar! É verdade que tratais os Vossos amigos com rigor, mas creio que é para que o Vosso amor ressoe ainda mais fortemente nos momentos de maior sofrimento. Meu Deus, não tenho inteligência, nem talento, nem palavras novas para falar das Vossas obras tal como a minha alma as concebe! Tudo me falta, meu Senhor. Mas desde que não me abandoneis, eu jamais Vos abandonarei. [...]

Sei por experiência com que proveitos fazeis sair da provação os que põem em Vós toda a confiança. Enquanto vivi em aflição amarga [...], as únicas palavras que ouvi [...] foram suficientes para dissipar a minha dor e voltar a sentir a tranquilidade perfeita: «Nada temas, minha filha; sou Eu, não te abandonarei. Nada temas.» [...] E eis que, apenas com estas palavras, a calma desceu sobre mim, sinto-me forte, corajosa, tranquilizada; sinto renascer a paz e a luz. Num instante, a minha alma foi transformada. 

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Parabéns Ao nosso Novo Provincial!!





"Bendito o homem que confia no Senhor, cuja esperança é o Senhor; é como a árvore plantada junto às águas, que estende as raízes em busca de umidade, por isso não teme a chegada do calor: sua folhagem mantém-se verde, não sofre míngua em tempo de seca e nunca deixa de dar frutos." 
(Jr 17,7-8)

Ao nosso Querido Frei Afonso,
 nossas orações, nossa Amizade fratena e serviço pela Ordem.

Parabéns !!
O Senhor seja sempre o seu sustento e luz, e que a
 "Virgem Maria, com todos os TÍTULOS"
 seja sempre Mãe amorosa e te carregue no colo!

SEUS IRMÃOS E IRMÃS  DA OCDS.


Frei Geraldo Afonso é eleito Provincial




Fr. Afonso, com a mão sobre a Bíblia, faz sua profissão de fé


Os frades capitulares reunidos no Centro Teresiano de Espiritualidade, em São Roque, confirmaram o desejo da maioria dos irmãos da Província que, na eleição prévia para Provincial, cujos envelopes foram abertos no início da seção capitular desta terça-feira, deram-lhe maioria de votos. Os Capitulares elegeram para Provincial Fr. Geraldo Afonso,  Fr. Afonso aceitou o cargo, fez sua profissão de fé e pediu a colaboração de todos.


Agora o Capítulo deverá eleger o superior do convento São João da Cruz, cargo até agora ocupado por Fr. Fr. Afonso, e o Provincial deverá nomear um novo reitor para os estudantes de Teologia, cargo também ocupado por ele.


A nos, cum prole pia, benedicat Virgo Maria!

Província reúne Capítulo Extraordinário



Os frades convocados extraordinariamente para o Capítulo Provincial iniciaram, na noite desta segunda (06.02), seu encontro, invocando os dons do Divino Espírito Santo. O Capítulo foi convocado para a eleição do novo Provincial, que ocorrerá na manhã desta terça-feira (07.02). Conduziu a abertura do Capítulo e conduzirá a programação até a eleição de amanhã, fr. Marcos Matsubara, primeiro Conselheiro. Na Missa que deu início ao Capítulo, fr. Marcos sugeriu que o Senhor, com suas surpresas, quer provocar-nos à criatividade e desinstalar-nos. Trata-se de uma momento de Graça, sem dúvida.
Assiste ao Capítulo o Definidor Geral para a América Latina, Fr. Marcos Yuchen.

domingo, 5 de fevereiro de 2012

Será aberto processo de beatificação de Madre Tereza


O bispo de Campanha (MG), D. Diamantino, presidirá a cerimônia de abertura do processo de beatificação da Serva de Deus Tereza Margarida do Coração de Maria, carinhosamente chamada por todos de Nossa Mãe, no dia 4 de março, na Matriz de Nossa Senhora D'Ajuda, em Três Pontas (MG), às 16 horas. Madre Tereza foi fundadora do Carmelo São José, onde viveu por 43 anos. O nome de batismo de Madre Tereza era Maria Luisa Resende Marques, que decidiu seguir a vida religiosa entrando para a Ordem das Carmelitas aos 21 anos de idade, no mosteiro de Mogi das Cruzes, transferido para Aparecida (SP). Além de Madre Tereza do Coração de Maria, outros quatros religiosos estão com o processo de beatificação em andamento no Sul de Minas: Monsenhor Alderije, de Santa Rita de Caldas; Padre Vítor, também de Três Pontas; Nhá Chica, de Baependi; e Irmã Carmelita Madre Maria Imaculada, fundadora do Carmelo da Sagrada Família, de Pouso Alegre.

Fonte: Ordem dos Carmelitas Descalços - Boletim de Notícias da Província São José:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...