domingo, 14 de fevereiro de 2016

"Já que vemos o caminho, corramos juntos"

O Grupo São Jose de Sete Lagoas retomou no dia 13 de fevereiro suas atividades trilhando o caminho da Pequena Via.
A característica principal da espiritualidade deixada por Santa Teresinha é a “pequena Via” ou pequeno caminho, que nos conduz de um modo mais simples ao Céu.
Seu “Pequeno Caminho” nos ensina que é necessário fazer coisas habituais da vida com extraordinário amor. Um sorriso, uma chamada ao telefone, animar uma pessoa, sofrer em silêncio, ter sempre palavras otimistas e tantas outras ações feitas com amor.
Uma pequena ação feita com amor é mais importante que grandes ações feitas para a glória pessoal. Teresinha nos convida a unir-nos a sua infância espiritual, isto é, ao seu “Pequeno caminho”.
A esse propósito, eis o que escreveu a Santa no seu afã de que muitos palmilhassem o seu “Pequeno Caminho”:
“Quero ensinar aos outros o caminho da confiança e do total abandono. Quero lhes ensinar os pequenos meios que me serviram tão bem, dizer-lhes que só há uma coisa a fazer nesta terra: jogar para Jesus as flores dos pequenos sacrifícios, pegá-lo mediante carícias, foi assim que o peguei e é assim que serei tão bem recebida”. “Que me importa que seja eu ou outra pessoa que dê esse caminho aos outros; contanto que ele seja apresentado, não importa o instrumento!”
O bem maior que Teresinha quer fazer a seus devotos, mais que os milagres alcançados por sua intercessão, é ensinar-lhes o caminho da santidade.
Incapaz de subir por própria conta os patamares da Montanha do Amor e de escalar a rude escada da santidade, pediu a Jesus que a levasse nos braços ao cume da perfeição. Jesus seria o seu elevador e ela, docilmente, se lançaria nele numa vida de entrega e submissão.
Esta Pequena Via poderá ter o efeito de uma bomba em sua vida. Prepare-se para uma explosão de alegria e de desejo de viver o Evangelho seguindo as pegadas da Padroeira das Missões.
Então, vamos, com coragem, trilhar este caminho, junto com a pequena Teresa.

Teresinha nos garante que seu caminho é todo de confiança e de amor. Por isso ela não compreende que ainda existam pessoas que tenham medo de um amigo tão terno. Se está difícil viver o evangelho, saiba que ele existe para todos, não para uns poucos privilegiados. A santidade é para todos. Alegre-se em ser pequeno e fraco: Sou de tal natureza que o temor me faz recuar; com o amor não somente avanço, mas vôo.








Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...