domingo, 12 de janeiro de 2014

EXORTAÇÃO DO SANTO PADRE FRANCISCO AOS SACERDOTES.







Tema: “Somos Ungidos pelo Espírito”.

Cidade do Vaticano, 11 de janeiro de 2014.
Como todas as manhãs, o Santo Padre celebrou Missa na capela da Casa Santa Marta, onde reside, no Vaticano. Com ele concelebraram o Cardeal Ângelo Bagnasco, presidente da Conferência Episcopal Italiana, acompanhado de um grupo de sacerdotes da sua Arquidiocese de Gênova. O Pontífice dirigiu toda a sua homilia aos sacerdotes, partindo da Carta de São João, que diz: “Temos a vida eterna, porque acreditamos no nome de Jesus”. Por isso, se questionou sobre a relação do sacerdote com Jesus, porque a força do ministério sacerdotal consiste nesta relação.
Jesus, explicou o Bispo de Roma, se apartava, em lugares tranquilos, para entrar em contato íntimo com o Pai. E se perguntou: “Qual o lugar que Jesus ocupa na vida sacerdotal”? Será uma relação viva, entre discípulo e Mestre, de irmão com irmão, de um pobre homem com Deus, ou uma relação artificial, que não brota do coração? E respondeu: “Somos ungidos pelo Espírito. Mas, quando um sacerdote se distancia de Jesus Cristo, pode perder esta unção. Essencialmente, ele tem esta unção, mas, a pode perder. Ao invés de ungido, ele acaba sendo untado. Aqueles que colocam a sua força em coisas artificiais, nas vaidades, em uma linguagem afetada, não estão em união com Jesus Cristo: são homens untados”.
Nós sacerdotes, disse o Papa, temos tantas limitações, somos pecadores. Mas, se nos dirigirmos a Cristo, se buscarmos o Senhor na oração, com uma oração de intercessão e de adoração, então, seremos bons sacerdotes, apesar de pecadores. O centro da vida sacerdotal é Jesus Cristo. Caso contrário, o que deveríamos dizer às pessoas?
O Santo Padre concluiu sua homilia dizendo que as pessoas sabem quando um sacerdote não é fiel, quando não é verdadeiro e são idólatras ou devotos do deus Narciso. Ao encontrar um desses sacerdotes, dizem: “Coitados”!
Então o Papa aconselhou: “Vocês, que celebram a Missa comigo, e todos os demais sacerdotes, peço que não percam esta relação com Jesus Cristo! Ele é a nossa vitória”! 



Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...